O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

11 DE MARÇO DE 2023

63

O Sr. André Ventura (CH): — Sr. Presidente: Apenas para deixar a nota de que, mais uma vez, o Partido

Socialista provou, hoje, o enorme desrespeito que tem pelos motoristas, e que vai continuar a ter, com

promessas que um dia virão, mas que a estes homens e mulheres nunca chegam.

Sr. Deputado Rui Tavares, há uma coisa que é certa: o senhor diz que o Chega não compreende a realidade

do mercado e das profissões, mas olho para o sistema e o Chega tem duas propostas para dar dignidade aos

motoristas, e o Livre quantas tem?

Protestos do L.

Tem zero! O seu trabalho nesta matéria é zero! Zero!

Aplausos do CH.

Vou terminar, Sr. Presidente, porque sei que o meu tempo é curto, mas há uma coisa em que tem razão, Sr.

Deputado. De facto, devíamos rever o conceito de desgaste rápido. Sabe porquê? Porque o que é

verdadeiramente desgastante, o que causa verdadeiro desgaste a esta bancada é ter de ouvir os seus dislates

a toda a hora.

Aplausos do CH.

O Sr. Presidente: — O Sr. Deputado Rui Tavares pediu a palavra para que efeito?

O Sr. Rui Tavares (L): — Para uma interpelação à Mesa, Sr. Presidente.

O Sr. Presidente: — Faça favor, Sr. Deputado.

O Sr. Rui Tavares (L): — Em primeiro lugar, creio que disse, durante a minha intervenção, que acompanharia

as propostas com as quais já estou satisfeito.

Não vou solicitar à Mesa para distribuir os documentos, porque eles são públicos, e porque é o próprio

sistema desta Casa que prova que, proporcionalmente, o Livre apresenta muito mais propostas do que o Chega.

Risos do CH.

Queria só registar, para concluir, a minha satisfação por perceber que o Chega se desgasta com as minhas

intervenções. É mesmo esse o objetivo delas.

Aplausos de Deputados do PS.

O Sr. Presidente: — Termina assim o quarto e último ponto da nossa ordem de trabalhos.

Posto isto, Sr.as e Srs. Deputados, vamos passar às votações.

Peço aos serviços para procederem ao registo no sistema eletrónico de verificação de quórum.

Pausa.

Pergunto se alguém não conseguiu registrar-se.

A Sr.ª Helga Correia (PSD): — Sr. Presidente, é para informar a Mesa que não consegui registar-me.

O Sr. Presidente: — Fica registada, Sr.ª Deputada.

Mais algum Sr. Deputado ou Sr.ª Deputada não conseguiu registar-se?

A Sr.ª Lina Lopes (PSD): — Sr. Presidente, também não consegui registar-me.

Páginas Relacionadas
Página 0064:
I SÉRIE — NÚMERO 100 64 O Sr. Presidente: — Fica registada, Sr
Pág.Página 64