O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

22 DE ABRIL DE 1999

1579

PROJECTO DE LEI N.º 654/VII

ELEVAÇÃO À CATEGORIA DE VILA DA POVOAÇÃO DE MOITA DOS FERREIROS

1 — Introdução

Moita dos Ferreiros é uma povoação sede de freguesia, no concelho da Lourinhã, distrito de Lisboa.

Com uma área de 2474,80 ha, integrando 19 lugares e uma população radicada que se dedica, em especial, à agricultura, agro-pecuária, avicultura, criação de ovinos e exploração de leite, a freguesia tem nos últimos anos, por força do trabalho das suas gentes, apostado no progresso económico-social da povoação, como testemunham a dinâmica social, as infra-estruturas e o equipamento sócio-cultural.

2 — Historial

A formação da localidade remonta aos inícios do século Xll, embora o foral atribuído por D. Manuel tenha ocorrido a 10 de Março de. 1514 e pelo qual passou a ser sede de um concelho com o mesmo nome.

Mais tarde foi integrada na comarca de Torres Vedras, Alenquer e Óbidos até à reforma administrativa de 1836, em que passou a pertencer ao concelho da Lourinhã, situação que se prolongou até aos nossos dias.

Muita da história desta povoação está ligada à crença religiosa da sua população, cujo património eclesiástico hoje existente está bem demonstrado na grandiosidade dos locais de culto.

A data de constituição da paróquia de Nossa Senhora da Conceição da Moita de' Ferreiros não é conhecida ao certo. No entanto, a existência de uma lápide sepulcro na çapela-mor, com a inscrição «Jazigo e sepultura de Simão do Reguo e de sua mulher, Maria Mendes, e de seus herdeiros, dada pelo arcebispo de Lisboa e capelão-mor del-rei e do seu concelho de Estado, ano de 1689, Ventas-», leva-nos a crer que a constituição da paróquia tenha ocorrido na primeira metade do século xvii, pois também é dessa época a traça da sua igreja matriz.

3 — Equipamentos colectivos

A povoação dispõe de um conjunto de equipamentos que genericamente abrange iodas as necessidades actuais:

Junta de freguesia;

Extensão do Centro de Saúde da Lourinhã, de um consultório particular e de quatro ambulâncias; Farmácia;

Transportes públicos (Rodoviária do Tejo e dois táxis); Estação dos CTT;

Estabelecimentos de ensino: jardim-de-infância e duas

escolas primárias; Agência bancária da Caixa de Crédito Agrícola; Posto da GNR;

Associações de desporto, cultura e recreio: centro cultural, com diversas actividades, e a Sociedade Lírica Moitense (bandas de música);

Biblioteca;

Associação de grupo de jovens;

Associação Humanitária de Moita dos Ferreiros;

Centro paroquial;

Sporting Clube Moitense;

Campo de futebol de II e de 5.

4 — Estabelecimentos comerciais e de hotelaria

A actividade económica está distribuída por um conjunto de estabelecimentos que se dedica às suas diversas actividades:

Mercado (praça de peixe, legumes e fruta);

Talhos;

Restaurantes;

Cafés;

Supermercados; Lojas e drogarias; Papelaria;

Agência de totoloto;

Oficinas de serralharia e mecânica;

Casa de móveis;

Construtores civis;

Explorações agrícolas;

Cooperativa agrícola;

Agências funerárias;

Jornal mensal (Passo Juvenil).

5 — Conclusão

A povoação de Moita dos Ferreiros apresenta hoje uma dinâmica económico-social digna do esforço e dinamismo das suas gentes.

Localizada a 70 km de Lisboa, a 8 km da sede de concelho e a 3 km do nó do IC 1, a povoação tem acessos fáceis, o que coloca a população próxima de localidades como Caldas da Rainha, Torres Vedras e Lisboa.

Tal facto representa um grande potencial de desenvolvimento pela facilidade de escoamento dos seus produtos agrícolas, mas também um atractivo turístico para os habitantes dos grandes centros que cada vez mais procuram locais com bom ambiente, história e afabilidade.

Hoje em dia a freguesia é um atractivo para aqueles que querem construir a sua segunda moradia e encontram nesta povoação de beleza natural e humana o local ideal.

Por todas estas razões anteriormente expressas, pelo conjunto de equipamentos de que dispõe, pela vontadç das suas gentes e pela sua história, a povoação de Moita dos Ferreiros reúne todas as condições para que, nomeadamente, seja elevada à categoria de vila.

Deste modo, ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais, os Deputados abaixo assinados apresentam o seguinte projecto de lei:

Artigo único. A povoação de Moita dos Ferreiros, ho concelho da Lourinhã, é elevada à categoria de vila.

Palácio de São Bento, 15 de Abril de 1999. — Os Deputados do PS: Casimiro Ramos — Carlos Cordeiro.

PROJECTO DE LEI N.º 655/VII

ELEVAÇÃO À CATEGORIA DE VILA DA POVOAÇÃO DE AZUEIRA

I — Introdução

Aquando do processo desencadeado pela junta de freguesia junto da comissão de heráldica, com vista à criação legal do brasão da freguesia de Azueira, tomou-se conhecimento de que o brasão teria quatro torres de prata por ser vila desde 1820.

Páginas Relacionadas
Página 1581:
22 DE ABRIL DE 1999 1581 possui uma escola de iniciação musical e urna banda filarmón
Pág.Página 1581
Página 1582:
1582 II SÉRIE-A — NÚMERO 55 Oficina de serralharia; Central betuminosa a frio; Centra
Pág.Página 1582