O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

14 | II Série A - Número: 032 | 20 de Dezembro de 2007

Artigo 8.º (»)

1 — (») 2 — (») 3 — (eliminado)

Artigo 13.º (»)

(eliminado)

Artigo 2.º (Aditamento à Lei n.º 23/96, de 26 de Julho)

São aditados à Lei n.º 23/96, de 26 de Julho, os artigos 10.º-A, com a seguinte redacção:

«Artigo 10.º-A (Ónus da prova)

1 — (») 2 — Quando o utente ou alguém que se considere lesado pela não prestação de serviços públicos essenciais, apresentar perante um tribunal ou outra instância competente, elementos de facto constitutivos da falta do cumprimento ilícito e culposo do serviço, incumbe à entidade prestadora demandada provar que não houve incumprimento da sua prestação.
3 — O regime previsto no número anterior é aplicável à prestação dos serviços referidos no n.º 2 do artigo 1.º e ainda à prestação de cuidados de saúde, aos serviços de transportes regulares de passageiros e à gestão e manutenção da rede viária.
4 — (n.º 2 do projecto de lei)

Assembleia da República, 11 de Dezembro de 2007.
Os Deputados do PCP: António Filipe — João Oliveira.

Propostas de alteração apresentadas pelo BE

Artigo 5.º (Suspensão do fornecimento do serviço público)

1 — (») 2 — (») 3 — (») 4 — (») 5 — (») 6 — Não é permitida a suspensão do fornecimento do serviço público no caso de pessoas com carências económicas e em risco de exclusão social, nomeadamente desempregados de longa duração, pensionistas com a reforma mínima e beneficiários de outros regimes de protecção social, as quais devem proceder à entrega de declaração dos serviços de segurança social ou do centro de emprego.
7 — Não é permitida a cobrança de qualquer tipo de taxa para a reactivação da prestação do serviço.

Artigo 8.º (Consumos mínimos e contadores)

1 — (redacção do actual corpo do artigo 8.º) 2 — É proibida a cobrança aos utentes de:

a) Qualquer importância a título de preço, aluguer ou amortização de contadores ou outros instrumentos de medição dos serviços utilizados; b) Qualquer outra taxa de efeito equivalente à utilização das medidas referidas na alínea anterior independentemente da designação utilizada; c) Qualquer taxa que não tenha uma correspondência directa com um encargo em que a entidade prestadora do serviço efectivamente incorra;

Páginas Relacionadas
Página 0008:
8 | II Série A - Número: 032 | 20 de Dezembro de 2007 2 — Esta apresentação foi efectuada n
Pág.Página 8
Página 0009:
9 | II Série A - Número: 032 | 20 de Dezembro de 2007 Artigo 1.º do projecto de lei (preamb
Pág.Página 9
Página 0010:
10 | II Série A - Número: 032 | 20 de Dezembro de 2007 Proposta de aditamento do inciso «ou
Pág.Página 10
Página 0011:
11 | II Série A - Número: 032 | 20 de Dezembro de 2007 Artigo 10.º-B: Texto do projecto de
Pág.Página 11
Página 0012:
12 | II Série A - Número: 032 | 20 de Dezembro de 2007 Artigo 4.º (») 1 — O prestador
Pág.Página 12
Página 0013:
13 | II Série A - Número: 032 | 20 de Dezembro de 2007 4 — O prazo para a propositura da ac
Pág.Página 13
Página 0015:
15 | II Série A - Número: 032 | 20 de Dezembro de 2007 d) Qualquer taxa que tenha uma corre
Pág.Página 15
Página 0016:
16 | II Série A - Número: 032 | 20 de Dezembro de 2007 Artigo 8.º (») 1 — São proibid
Pág.Página 16
Página 0017:
17 | II Série A - Número: 032 | 20 de Dezembro de 2007 «Artigo 3.º (») A presente lei
Pág.Página 17