O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

120 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009

ARTIGO 141.º (Reunião do conselho) 1. Reunido o conselho em sessão, o presidente mandará entrar o arguido e o seu defensor, caso o haja, e dará a palavra ao relator, que fará uma exposição sobre os factos constantes do processo.
2. Seguidamente, o conselho interrogará o arguido e ouvi-lo-á sobre tudo o que entenda alegar a bem da sua defesa, podendo ele juntar ainda quaisquer documentos ou fazer aditamentos à mesma defesa.
3. Após a audiência do arguido, o presidente mandará entrar, pela ordem que entender, as testemunhas e mais pessoas com interesse para o processo, as quais serão ouvidas primeiro pelo relator e depois por qualquer membro do conselho, por iniciativa própria ou a requerimento do promotor e do arguido ou seu defensor.
4. A seguir, o presidente dará a palavra ao promotor e depois ao arguido ou ao seu defensor, para alegações, não podendo qualquer deles usar da palavra por mais de uma vez e de trinta minutos, prorrogável sempre que o presidente ou o conselho o entendam.
5. Tudo o que se passar na audiência não será reduzido a auto, mas anotado pelo secretário em acta.
6. A sessão é dirigida pelo presidente, mas a resolução de qualquer incidente suscitado durante a mesma compete ao conselho, precedente votação.

ARTIGO 142.º (Conferência) 1. Recolhido o conselho para conferência, o presidente dará a palavra ao relator, que exporá os factos que constituem a acusação, citando os preceitos violados.
2. Seguidamente e depois de ouvido o assessor jurídico, se o houver, o relator formulará os quesitos, os quais serão submetidos à apreciação prévia do conselho.
3. Os quesitos devem conter todos os factos concretos imputados ao arguido e a sua qualificação, devendo ser redigidos com clareza e não ser deficientes nem compreender perguntas cumulativas, complexas ou alternativas.
4. Qualquer dos membros do conselho poderá reclamar dos quesitos apresentados

Páginas Relacionadas
Página 0127:
127 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 PROPOSTA DE LEI N.º 245/X (4.ª) (APR
Pág.Página 127
Página 0128:
128 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 O Governo considera, assim, necessár
Pág.Página 128
Página 0129:
129 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 PARTE IV – ANEXOS Junta-se a e
Pág.Página 129
Página 0130:
130 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 complexidade das políticas de defesa
Pág.Página 130
Página 0131:
131 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 Como estamos perante uma iniciativa
Pág.Página 131
Página 0132:
132 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 mobilização do Exército, da Marinha
Pág.Página 132
Página 0133:
133 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 IV. Iniciativas nacionais pendentes
Pág.Página 133
Página 0134:
134 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º
Pág.Página 134
Página 0135:
LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º 29/82, de 11 de Dezembro, alterada pelas Leis n.os 41/83, de
Pág.Página 135
Página 0136:
136 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º
Pág.Página 136
Página 0137:
LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º 29/82, de 11 de Dezembro, alterada pelas Leis n.os 41/83, de
Pág.Página 137
Página 0138:
138 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º
Pág.Página 138
Página 0139:
LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º 29/82, de 11 de Dezembro, alterada pelas Leis n.os 41/83, de
Pág.Página 139
Página 0140:
140 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º
Pág.Página 140
Página 0141:
LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º 29/82, de 11 de Dezembro, alterada pelas Leis n.os 41/83, de
Pág.Página 141
Página 0142:
142 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º
Pág.Página 142
Página 0143:
LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º 29/82, de 11 de Dezembro, alterada pelas Leis n.os 41/83, de
Pág.Página 143
Página 0144:
144 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º
Pág.Página 144
Página 0145:
LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º 29/82, de 11 de Dezembro, alterada pelas Leis n.os 41/83, de
Pág.Página 145
Página 0146:
146 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º
Pág.Página 146
Página 0147:
LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º 29/82, de 11 de Dezembro, alterada pelas Leis n.os 41/83, de
Pág.Página 147
Página 0148:
148 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º
Pág.Página 148
Página 0149:
LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º 29/82, de 11 de Dezembro, alterada pelas Leis n.os 41/83, de
Pág.Página 149
Página 0150:
150 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º
Pág.Página 150
Página 0151:
LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º 29/82, de 11 de Dezembro, alterada pelas Leis n.os 41/83, de
Pág.Página 151
Página 0152:
152 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º
Pág.Página 152
Página 0153:
LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º 29/82, de 11 de Dezembro, alterada pelas Leis n.os 41/83, de
Pág.Página 153
Página 0154:
154 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º
Pág.Página 154
Página 0155:
LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º 29/82, de 11 de Dezembro, alterada pelas Leis n.os 41/83, de
Pág.Página 155
Página 0156:
156 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º
Pág.Página 156
Página 0157:
LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º 29/82, de 11 de Dezembro, alterada pelas Leis n.os 41/83, de
Pág.Página 157
Página 0158:
158 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º
Pág.Página 158
Página 0159:
LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º 29/82, de 11 de Dezembro, alterada pelas Leis n.os 41/83, de
Pág.Página 159
Página 0160:
160 | II Série A - Número: 055 | 17 de Janeiro de 2009 LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º
Pág.Página 160
Página 0161:
LEI DE DEFESA NACIONAL E FA (Lei n.º 29/82, de 11 de Dezembro, alterada pelas Leis n.os 41/83, de
Pág.Página 161