O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

3 DE OUTUBRO DE 2012

27

 MEP – Movimento Escola Pública

 ANDE – Associação Nacional de Dirigentes Escolares

 Pró-Inclusão – Associação Nacional de Docentes de Educação Especial

 IPDJ

 APEL – Associação Portuguesa de Editores e Livreiros

Para o efeito a Comissão poderá realizar audições parlamentares e bem assim solicitar parecer e

contributos online a todosos interessados, através de aplicação informática já disponível.

VI. Apreciação das consequências da aprovação e dos previsíveis encargos com a sua aplicação

Em caso de aprovação, a presente iniciativa terá custos para o Orçamento do Estado, por via do aumento

da despesa com o setor da educação, por força do disposto no artigo 3.º.

———

PROJETO DE LEI N.º 290/XII (2.ª)

(DEFINE O REGIME DE CERTIFICAÇÃO E ADOÇÃO DOS MANUAIS ESCOLARES, GARANTINDO A

SUA GRATUITIDADE)

Parecer da Comissão de Educação, Ciência e Cultura e nota técnica elaborada pelos serviços de

apoio

Parecer da Comissão de Educação, Ciência e Cultura

Índice

Parte I – Considerandos

Parte II – Opinião do (a) Deputado(a) Autor(a) do Parecer

Parte III – Conclusões

Parte IV – Anexos

Parte I – Considerandos

1. Nota preliminar

O Projeto de Lei n.º 290/XII (2.ª), que “Define o regime de certificação e adoção dos manuais escolares,

garantindo a sua gratuitidade” foi apresentado pelo Grupo Parlamentar do Partido Comunista Português.

Esta apresentação foi efetuada nos termos do disposto no artigo 167.º da Constituição da Republica

Portuguesa e do artigo 118.º do Regimento da Assembleia da Republica em vigor à data, reunindo os

requisitos formais previstos no artigo 124.º desse mesmo Regimento.

A iniciativa em causa foi admitida em 20 de setembro de 2012 e baixou, por determinação de Sua

Excelência a Presidente da Assembleia da República, à Comissão de Educação, Ciência e Cultura para

apreciação e emissão do respetivo parecer;

O projeto de lei está redigido sob a forma de artigos, tem uma designação que traduz sinteticamente o seu

objeto e é precedido de uma exposição de motivos, em conformidade com o disposto no n.º 1 do artigo 119.º,

n.º 1 do artigo 123.º, e alíneas a), b) e c) do n.º 1 do artigo 124.º do Regimento.

Importa referir que a iniciativa cumpre os requisitos constantes da Lei n.º 74/98, alterada e republicada pela

Lei n.º 42/2007, de 24 de agosto, abreviadamente designada por lei formulário de 11 de novembro.

Quanto à entrada em vigor da iniciativa e de acordo com a Nota Técnica, “em caso de aprovação, terá

lugar no dia seguinte ao da sua publicação, nos termos do artigo 19.º do projeto, sem prejuízo do disposto no

Páginas Relacionadas
Página 0014:
II SÉRIE-A — NÚMERO 10 14 PROJETO DE LEI N.º 283/XII (2.ª)
Pág.Página 14
Página 0015:
3 DE OUTUBRO DE 2012 15 Por último, a nível de consultas e contributos, é sugerido
Pág.Página 15
Página 0016:
II SÉRIE-A — NÚMERO 10 16 frequência, o que inclui todos os recursos
Pág.Página 16
Página 0017:
3 DE OUTUBRO DE 2012 17 A Deputada autora do Parecer, Emília Santos — O Presidente
Pág.Página 17
Página 0018:
II SÉRIE-A — NÚMERO 10 18 de manuais escolares não carece de nova lei
Pág.Página 18
Página 0019:
3 DE OUTUBRO DE 2012 19 posteriormente revogados pelos Decreto-Lei n.º 138-C/2010,
Pág.Página 19
Página 0020:
II SÉRIE-A — NÚMERO 10 20 defendem os proponentes da iniciativa em ap
Pág.Página 20
Página 0021:
3 DE OUTUBRO DE 2012 21 da citada Resolução determina “que o Acordo Ortográfico é a
Pág.Página 21
Página 0022:
II SÉRIE-A — NÚMERO 10 22 – O combate ao desperdício, o respei
Pág.Página 22
Página 0023:
3 DE OUTUBRO DE 2012 23 do artigo 4.º atribui à Direção de Serviços de Educação Esp
Pág.Página 23
Página 0024:
II SÉRIE-A — NÚMERO 10 24 iniciativa foi rejeitada, com o voto contra
Pág.Página 24
Página 0025:
3 DE OUTUBRO DE 2012 25 Enquadramento internacional Países europeus
Pág.Página 25
Página 0026:
II SÉRIE-A — NÚMERO 10 26 Outros países Organizações internaci
Pág.Página 26