O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

27 DE OUTUBRO DE 2012

59

— A diversidade dos variados serviços de interesse económico geral e as diferenças nas necessidades e

preferências dos utilizadores que possam resultar das diversas situações geográficas, sociais ou culturais,

— Um elevado nível de qualidade, de segurança e de acessibilidade de preços, a igualdade de tratamento

e a promoção do acesso universal e dos direitos dos utilizadores.

Enquadramento internacional

Países europeus

A legislação comparada é apresentada para os seguintes países da UE: Bélgica, Espanha, França e Itália7.

Bélgica

Na Bélgica, a figura reconduzível ao Provedor de Justiça é a do Mediador Federal.

Base legal: Loi du 22 mars 1995 instaurant des médiateurs fédéraux

O portal do Mediador Federal apresenta documentação oficial complementar.

Composição, designação e duração do mandato:

Os mediadores federais são nomeados pela Câmara dos Representantes para um mandato de seis anos.

A Câmara escolhe entre os candidatos franceses e neerlandeses falam que passem nos testes de seleção

organizados pelo SELOR, o serviço de seleção do governo federal.

A mesma pessoa pode exercer no máximo por duas vezes o mandato de ombudsman.

Os mediadores são independentes, o que significa que não estão ligados a nenhuma outra autoridade. É

por isso que selecionam, eles próprios, o pessoal que os assiste na execução das suas tarefas.

Os mediadores federais atuais, Catherine De Bruecker e Guido Schuermans, entraram em funções a 8 de

Novembro de 2005.

Competências:

– Examina as reclamações dos cidadãos relativas a atos ou ao funcionamento das autoridades

administrativas federais;

– Realiza inquéritos sobre o funcionamento dos serviços administrativos federais, a pedido da Câmara dos

Representantes;

– Formula recomendações com base nos resultados obtidos no exercício destas duas missões;

– Faz Relatórios ao Parlamento.

Espanha

Legislação base:

Constituição espanhola de 1978

Ley Orgánica 3/1981, de 6 de abril, del Defensor del Pueblo

Reglamento de Organización y Funcionamiento del Defensor del Pueblo, aprobado por las Mesas del

Congreso y del Senado, a propuesta del Defensor del Pueblo, en su reunión conjunta de 6 de abril de 1983

Ley 36/1985, de 6 de noviembre, por la que se regulan las Relaciones entre la Institución del Defensor del

Pueblo y las figuras similares en las distintas Comunidades Autónomas

A Constituição espanhola, no seu artigo 54.º, prevê que uma Lei Orgánica regule a instituição do

Defensor del Pueblo como Alto Comissariado das Cortes Gerais, designado por estas para a defesa dos

direitos fundamentais compreendidos no seu Título I, com a finalidade de supervisionar a atividade da

Administração Pública.

7 A informação sobre o Provedor de Justiça (base legal, composição, designação e duração do mandato e competências) nos países

mencionados foi retirada do trabalho de legislação comparada, relativo a Entidades independentes com representantes da Assembleia da República, elaborado pela Divisão de informação Legislativa e Parlamentar-DILP, da autoria de Dalila Maulide, Filomena Romano de Castro, Fernando Ribeiro, Lisete Gravito e Teresa Paulo.

Páginas Relacionadas
Página 0047:
27 DE OUTUBRO DE 2012 47 Para melhor acompanhamento desta matéria, consagrada nos a
Pág.Página 47
Página 0048:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 48 n.º 301/XII (2.ª) que visa alterar a Lei n.
Pág.Página 48
Página 0049:
27 DE OUTUBRO DE 2012 49 Consagração da possibilidade do Provedor de Justiça deleg
Pág.Página 49
Página 0050:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 50 4. Face ao exposto, a Comissão de Assuntos
Pág.Página 50
Página 0051:
27 DE OUTUBRO DE 2012 51 Institui-se a função de o Provedor de Justiça assegurar a
Pág.Página 51
Página 0052:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 52 Orçamento, respeitando assim, também, os li
Pág.Página 52
Página 0053:
27 DE OUTUBRO DE 2012 53 Em conformidade com o previsto nas alínea a) e b) do n.º 3
Pág.Página 53
Página 0054:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 54 (...) i) Eleger, por maioria de dois
Pág.Página 54
Página 0055:
27 DE OUTUBRO DE 2012 55 uma proteção e promoção cada vez mais fortes dos Direitos
Pág.Página 55
Página 0056:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 56 conjunta de eventos e publicações, realizaç
Pág.Página 56
Página 0057:
27 DE OUTUBRO DE 2012 57 Resumo: Neste estudo o autor debruça-se sobre o mandato do
Pág.Página 57
Página 0058:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 58 exercício do poder, em defesa dos cidadãos.
Pág.Página 58
Página 0060:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 60 No cumprimento do estabelecido no artigo 54
Pág.Página 60
Página 0061:
27 DE OUTUBRO DE 2012 61 O mandato dos adjuntos cessa com o do Défenseur des droits
Pág.Página 61
Página 0062:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 62 IV. Iniciativas legislativas e petições pen
Pág.Página 62