O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

II SÉRIE-A — NÚMERO 66

4

3- A delegação de competência a que se refere o número anterior só pode ser concedida pelo período de

cinco anos, renovável, e é revogável a todo o tempo.

4- Os organismos delegados devem manter um registo atualizado de todos os títulos profissionais

emitidos, o qual deve estar disponível, a todo o tempo, ao IMT, IP, para consulta de informações.

Artigo 9.º

Requisitos para o exercício das atividades de mecânico de auto/gás

1- Os interessados em obter título profissional para o exercício da atividade de mecânico de auto/gás

devem reunir os seguintes requisitos:

a) Possuir formação adequada na área da mecânica ou mecatrónica automóvel, designadamente através

de:

i) Curso de mecânica ou mecatrónica automóvel, constante do Catálogo Nacional de Qualificações da

Agência Nacional para a Qualificação, IP;

ii) Certificação profissional obtida em processo de reconhecimento, validação e certificação de

competências, de mecânica ou mecatrónica automóvel;

iii) Outra formação adequada na área da mecânica ou mecatrónica automóvel, aceite por despacho do

presidente do Conselho Diretivo do IMT, IP, ou pelas entidades a que se refere o n.º 2 do artigo 8.º;

iv) Experiência superior a três anos em mecânica automóvel demonstrada através da apresentação de

curriculum vitae, acompanhado por declaração das respetivas entidades empregadoras que corrobore a

experiência desenvolvida.

b) Ter frequentado, com aproveitamento, cursos de formação adequados à especialidade de mecânico de

auto/gás.

2- O requisito para exercício das atividades de mecânico de auto/gás poderá igualmente ser cumprido pela

frequência, com aproveitamento, de curso integrado de mecânico de auto/gás, cujo currículo permita a

obtenção de competências adequadas relativas a mecânica automóvel.

Artigo 10.º

Requisitos para o exercício das atividades de técnico de auto/gás

1- Os interessados em obter título profissional para o exercício da atividade de técnico de auto/gás devem

reunir os seguintes requisitos:

a) Ter mais de 18 anos;

b) Possuir a escolaridade mínima obrigatória ou certificação de competências que dê essa equivalência.

2- Para além dos requisitos indicados no número anterior, os candidatos ao exercício da atividade de

técnico de auto/gás devem ainda reunir os seguintes requisitos:

a) Possuir formação adequada na área da mecânica ou mecatrónica automóvel, designadamente:

i) Curso de mecânica ou mecatrónica automóvel, constante do Catálogo Nacional de Qualificações da

Agência Nacional para a Qualificação, IP;

ii) Certificação profissional obtida em processo de reconhecimento, validação e certificação de

competências, de mecânica ou mecatrónica automóvel;

iii) Outra formação adequada na área da mecânica ou mecatrónica automóvel, aceite por despacho do

presidente do Conselho Diretivo do IMT, IP, ou por decisão das entidades a que se refere o n.º 2 do artigo 8.º;

Páginas Relacionadas
Página 0007:
16 DE JANEIRO DE 2013 7 Artigo 19.º Entrada em vigor A present
Pág.Página 7
Página 0008:
II SÉRIE-A — NÚMERO 66 8 3 - Considera-se empresa de mediação imobili
Pág.Página 8
Página 0009:
16 DE JANEIRO DE 2013 9 Artigo 6.º Idoneidade comercial 1 - Nã
Pág.Página 9
Página 0010:
II SÉRIE-A — NÚMERO 66 10 substituam, podem ser contratados noutro Es
Pág.Página 10
Página 0011:
16 DE JANEIRO DE 2013 11 território nacional. 2 - Para efeitos de con
Pág.Página 11
Página 0012:
II SÉRIE-A — NÚMERO 66 12 2 - As empresas de mediação imobiliária dev
Pág.Página 12
Página 0013:
16 DE JANEIRO DE 2013 13 5 - O incumprimento do disposto nos n.os 1, 2 e 4 d
Pág.Página 13
Página 0014:
II SÉRIE-A — NÚMERO 66 14 mediação ou, se tiver sido celebrado contra
Pág.Página 14
Página 0015:
16 DE JANEIRO DE 2013 15 europeu que pretendam estabelecer-se em Portugal, nos term
Pág.Página 15
Página 0016:
II SÉRIE-A — NÚMERO 66 16 CAPÍTULO IV Colaboradores de empresa
Pág.Página 16
Página 0017:
16 DE JANEIRO DE 2013 17 membros dos seus órgãos sociais, representantes, mandatári
Pág.Página 17
Página 0018:
II SÉRIE-A — NÚMERO 66 18 2 - A notificação por contacto pessoal deve
Pág.Página 18
Página 0019:
16 DE JANEIRO DE 2013 19 2 - A tentativa e a negligência são puníveis, sendo, nesse
Pág.Página 19
Página 0020:
II SÉRIE-A — NÚMERO 66 20 a) A entrega on-line de requerimentos e de
Pág.Página 20
Página 0021:
16 DE JANEIRO DE 2013 21 Artigo 40.º Intervenção de notário ou profissional
Pág.Página 21
Página 0022:
II SÉRIE-A — NÚMERO 66 22 Artigo 43.º Norma revogatória
Pág.Página 22
Página 0023:
16 DE JANEIRO DE 2013 23 vigência do contrato e reclamados até um ano após a data d
Pág.Página 23