O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

186 | II Série A - Número: 019S1 | 2 de Novembro de 2013

5. ARTICULADO Para além daquelas medidas transversais a todos os setores e trabalhadores, e que também afetarão o setor agrícola, da floresta e do mar, donde se destacam os cortes salariais na função pública, a redução da taxa do IRC em dois pontos percentuais, o regime simplificado passar a ser acessível a todas as empresas que faturem por ano até 200 mil euros, a criação de uma contribuição extraordinária sobre o setor energético e aumento da contribuição sobre o sistema bancário ou o aumento do Imposto Único de Circulação para automóveis ligeiros de passageiros e motociclos a gasóleo, realçam-se os seguintes artigos que por introduzirem novidades no articulado e dizerem respeito ao âmbito da 7ª Comissão, aqui se expressam: Artigo 181.º - que altera as verbas 4, 5, e 5.1.3. da lista I anexa ao Código do Imposto sobre o Valor Acrescentado, nomeadamente as verbas relacionadas com a prestação de serviços e a transmissão de bens no âmbito de atividades de produção agrícola, bem como alargar para a taxa reduzida outros modos de produção agrícola (Hidroponia); Artigo 185.º - que altera o Decreto-Lei n.º 147/2003, de 11 de julho, que regulamenta o regime de bens em circulação objeto de transações entre sujeitos passivos de IVA, passando a incluir no seu artigo 3º “ Exclusões” a aquacultura, que assim se junta aos bens provenientes de produtores agrícolas, apícolas, silvícolas e da pecuária resultantes da sua própria produção e os bens que manifestamente se destinem a essa produção, transportados pelo próprio ou por sua conta

Artigo 193.º - que altera o Código dos Impostos Especiais de Consumo, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 73/2010, de 21 de junho, passando a incluir no Artigo 89.º “Isenções”, a aquicultura, que se junta à atividade da pesca na isenção do pagamento do imposto dos produtos petrolíferos e energéticos. ltera também o rtigo 93.ª “Taxas Reduzidas”, do mesmo Código, que passa a incluir os combustíveis usados na atividade aquícola no gasóleo colorido e marcada passando a ser tributado à taxa reduzida.

Páginas Relacionadas
Página 0175:
175 | II Série A - Número: 019S1 | 2 de Novembro de 2013 COMISSÃO DE AGRICULTURA E MAR <
Pág.Página 175
Página 0176:
176 | II Série A - Número: 019S1 | 2 de Novembro de 2013 1. CONSIDERANDOS Nos termos
Pág.Página 176
Página 0177:
177 | II Série A - Número: 019S1 | 2 de Novembro de 2013 Quadro 1 - Crescimento económico m
Pág.Página 177
Página 0178:
178 | II Série A - Número: 019S1 | 2 de Novembro de 2013 Quadro 2 – Enquadramento internac
Pág.Página 178
Página 0179:
179 | II Série A - Número: 019S1 | 2 de Novembro de 2013 O governo considera que o crescime
Pág.Página 179
Página 0180:
180 | II Série A - Número: 019S1 | 2 de Novembro de 2013 ii) o governo considera que o cump
Pág.Página 180
Página 0181:
181 | II Série A - Número: 019S1 | 2 de Novembro de 2013 Manutenção dos mecanismos que asse
Pág.Página 181
Página 0182:
182 | II Série A - Número: 019S1 | 2 de Novembro de 2013 o consequente aproveitamento de fu
Pág.Página 182
Página 0183:
183 | II Série A - Número: 019S1 | 2 de Novembro de 2013 cobertura em receitas consignadas
Pág.Página 183
Página 0184:
184 | II Série A - Número: 019S1 | 2 de Novembro de 2013 Florestas representam 40% da despe
Pág.Página 184
Página 0185:
185 | II Série A - Número: 019S1 | 2 de Novembro de 2013 Retificativo 2013, e que represent
Pág.Página 185
Página 0187:
187 | II Série A - Número: 019S1 | 2 de Novembro de 2013 Artigo 204.º - que adita ao Estatu
Pág.Página 187
Página 0188:
188 | II Série A - Número: 019S1 | 2 de Novembro de 2013 4. Comissão da Agricultura e Mar c
Pág.Página 188