O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

15 | II Série A - Número: 091 | 2 de Abril de 2014

 Proposta de Lei n.º 184/XII (3.ª) (GOV) – Aprova a Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas - Foi admitida em 01/11/2013 e baixou à 5.ª Comissão, na generalidade, nessa mesma data. Foi discutida e votada na generalidade nas sessões plenárias de 12 e 13 de dezembro, respetivamente. Tendo sido aprovada, baixou na especialidade àquela Comissão.
 Projeto de Lei n.º 482/XII/ 3.ª (PCP) – Garante aos Trabalhadores o Vínculo Público de Nomeação como forma de assegurar a estabilidade e segurança dos vínculos laborais na Administração Pública - Foi admitida em 08/01/2014 e baixou à 5.ª Comissão, na generalidade, nessa mesma data.

 Petições Consultada a base de dados do processo legislativo e da atividade parlamentar (PLC), verificou-se que não se encontram pendentes quaisquer petições sobre esta matéria.

V. Consultas e contributos

 Consultas obrigatórias Nos termos legais e regimentais, e tal como anteriormente referido, é obrigatória e foi efetuada a consulta dos órgãos de Governo próprio das Regiões Autónomas.
Tendo em consideração as disposições constantes da iniciativa, é obrigatória a consulta da Associação Nacional de Municípios Portugueses e da Associação Nacional de Freguesias.  Consultas facultativas Caso a Comissão assim o entenda, e em sede de eventual apreciação na especialidade, poderão ser suscitadas as audições ou solicitado o parecer escrito de entidades representativas dos trabalhadores e do membro do Governo com a tutela da Administração Pública.

VI. Apreciação das consequências da aprovação e dos previsíveis encargos com a sua aplicação

Em face dos elementos disponíveis, designadamente da exposição de motivos e do articulado do projeto de lei, não é possível avaliar eventuais consequências da sua aprovação e encargos com a sua aplicação.

———

PROJETO DE LEI N.º 514/XII (3.ª) [ESTABELECE QUE A TAXA MUNICIPAL DE DIREITOS DE PASSAGEM PASSA A SER PAGA DIRETAMENTE PELAS OPERADORAS DE COMUNICAÇÕES ELETRÓNICAS E PREVÊ SANÇÕES PARA O INCUMPRIMENTO (NONA ALTERAÇÃO À LEI DAS COMUNICAÇÕES ELETRÓNICAS, LEI N.º 5/2004, DE 10 DE FEVEREIRO)]

Parecer da Comissão de Economia e Obras Públicas e nota técnica elaborada pelos serviços de apoio

Parecer da Comissão de Economia e Obras Públicas

Índice PARTE I – CONSIDERANDOS PARTE II – OPINIÃO DO DEPUTADO AUTOR DO PARECER PARTE III – CONCLUSÕES PARTE IV – ANEXOS

Páginas Relacionadas
Página 0016:
16 | II Série A - Número: 091 | 2 de Abril de 2014 PARTE I – CONSIDERANDOS As empresa
Pág.Página 16
Página 0017:
17 | II Série A - Número: 091 | 2 de Abril de 2014 PARTE III – CONCLUSÕES O projeto d
Pág.Página 17
Página 0018:
18 | II Série A - Número: 091 | 2 de Abril de 2014 domínio público e privado municipal, par
Pág.Página 18
Página 0019:
19 | II Série A - Número: 091 | 2 de Abril de 2014 A Lei n.º 5/2004, de 10 de fevereiro reg
Pág.Página 19
Página 0020:
20 | II Série A - Número: 091 | 2 de Abril de 2014 Antecedentes parlamentares A Lei n.º 5/2
Pág.Página 20
Página 0021:
21 | II Série A - Número: 091 | 2 de Abril de 2014 A CMT, com os estatutos definidos no art
Pág.Página 21
Página 0022:
22 | II Série A - Número: 091 | 2 de Abril de 2014 VI. Apreciação das consequências da apro
Pág.Página 22