O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

30 DE NOVEMBRO DE 2016 33

 Enquadramento internacional

Países europeus

A legislação comparada é apresentada para o seguinte país da União Europeia: Espanha.

ESPANHA

Em Espanha, o Real Decreto 2829/1977, de 6 de octubre, veio regular as substâncias e preparados

psicotrópicos, assim como a fiscalização e inspeção do seu fabrico, distribuição, prescrição e dispensa, tendo a

Orden de 14 de enero de 1981 regulamentado esta matéria.

No ano passado, a Orden SSI/1091/2015, de 2 de junio, “por la que se incluyen determinadas sustancias en

el anexo I del Real Decreto 2829/1977, de 6 de octubre, por el que se regulan las sustancias y preparados

medicinales psicotrópicos, así como la fiscalización e inspección de su fabricación, distribución, prescripción y

dispensación” aditou, como também pretende a iniciativa agora apresentada, novas substâncias ao diploma que

define o regime jurídico aplicável ao consumo de estupefacientes e substâncias psicotrópicas. Assim, e nos

termos dos artigos 1.º e 2.º, foram aditadas as sustâncias 4-yodo-2,5-dimetoxi-N-(2-metoxibencil) fenetilamina

(25I-NBOMe) e 2-(3-metoxifenil)-2-(etilamino)ciclohexanona (metoxetamina).

Recentemente, a Orden SSI/748/2016, de 11 de mayo, “por la que se incluyen determinadas sustancias en

el anexo I del Real Decreto 2829/1977, de 6 de octubre, por el que se regulan las sustancias y preparados

medicinales psicotrópicos, así como la fiscalización e inspección de su fabricación, distribución, prescripción y

dispensación y se transfiere de lista de control la sustancia 1-benzilpiperazina (BZP)” veio, uma vez mais, aditar

novas substâncias: a metanona (JWH-018), e o (R,S)-1-(1,3-benzodioxol-5-ilo)-2-(metilamino)propano-1-ona

(Metilona,beta-ceto-MDMA) (artigo 2.º).

Relativamente à substância 3,4-dicloro-N-[[1-(dimetilamino)ciclohexil]metil]benzamida (AH-7921), e segundo

o prêambulo da Orden SSI/1091/2015, de 2 de junio, a Comissão de Estupefacientes das Nações Unidas, adotou

a Decisão 58/3, tendo esta substância sido incluída na "Lista I de la Convención Única de 1961 sobre

Estupefacientes, enmendada por el Protocolo de 1972. Deste modo, e em conformidade com os compromissos

assumidos por Espanha após a sua adesão à Convención Única de 1961 sobre Estupefacientes de las Naciones

Unidas, à substância AH-7921 serão de aplicar as medidas de controlo e as sanções penais previstas nesta

Convenção. Consequentemente, a substância AH-7921 não foi incluída na Orden SSI/1091/2015, de 2 de junio,

por prevalecer a Decisão 58/3 adotada pela Comissão de Estupefacientes das Nações Unidas sobre a Decisão

n.º 2014/688/UE, de 25 de setembro, do Conselho.

Sobre esta matéria podem, ainda, ser consultada as páginas da Agencia Española de Medicamentos y

Productos Sanitarios, e do Plan Nacional sobre Drogas, ambas da responsabilidade do Ministerio de Sanidad,

Servicios Sociales e Igualdad.

Outros países

Organizações internacionais

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) define uma substância psicoativa nos seguintes termos: a

substance that, when ingested, affects mental processes e.g. cognition or affect. This term and its equivalent,

psychotropic drug, are the most neutral and descriptive terms for the whole class of substances, licit and illicit, of

interest to drug policy.

Importa referir as convenções internacionais que, no contexto das Nações Unidas, regulam este tema:

 1961 Single Convention on Narcotic Drugs;

 1971 Convention on Psychotropic Substances;

 1988 United Nations Convention against Illicit Traffic in Narcotic Drugs and Psychotropic Substances.

Páginas Relacionadas
Página 0022:
II SÉRIE-A — NÚMERO 36 22 PROPOSTA DE LEI N.º 35/XIII (2.ª) (PROCEDE
Pág.Página 22
Página 0023:
30 DE NOVEMBRO DE 2016 23 tabela anexa II-A e a substância 4 metilanfetamina à tabe
Pág.Página 23
Página 0024:
II SÉRIE-A — NÚMERO 36 24 Data de admissão: 18 de outubro Comissão de Assunt
Pág.Página 24
Página 0025:
30 DE NOVEMBRO DE 2016 25 o disposto nas alíneas a), b) e c) do n.º 1 do artigo 124
Pág.Página 25
Página 0026:
II SÉRIE-A — NÚMERO 36 26 – metilenodioxipirovalerona (MDPV), 4-iodo – 2,5 – dimeto
Pág.Página 26
Página 0027:
30 DE NOVEMBRO DE 2016 27 ilícita de estupefacientes e de substâncias psicotrópicas
Pág.Página 27
Página 0028:
II SÉRIE-A — NÚMERO 36 28 de março de 2007, alterar a tabela I da Convenção sobre E
Pág.Página 28
Página 0029:
30 DE NOVEMBRO DE 2016 29 teve origem na Proposta de Lei n.º 199/XII, iniciativa qu
Pág.Página 29
Página 0030:
II SÉRIE-A — NÚMERO 36 30 de 2016, da Comissão de Estupefacientes das Nações Unidas
Pág.Página 30
Página 0031:
30 DE NOVEMBRO DE 2016 31 pleno acesso aos dados e análises disponíveis sobre o fen
Pág.Página 31
Página 0032:
II SÉRIE-A — NÚMERO 36 32 2005/387/JAI, que foram seguidamente transmitidos à Comis
Pág.Página 32
Página 0034:
II SÉRIE-A — NÚMERO 36 34 IV. Iniciativas legislativas e petições pendentes sobre a
Pág.Página 34