O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

2 DE NOVEMBRO DE 2017

362

Da despesa total consolidada desagregada por classificação económica, a parcela afeta a ativos financeiros

representa 74,2% do total, sendo a IFD a entidade que mais contribui para este indicador, logo seguida pelo

IAPMEI.

O orçamento da despesa do Programa Economia encontra-se desagregado por oito medidas, salientando-

se a medida “Outras funções económicas – Diversas não especificadas”, que totaliza 195,4 milhões de euros,

ou seja, 27,2% do total, da responsabilidade do IAPMEI, seguida das designadas “Comércio e Turismo –

Turismo”, onde se enquadra o ITP, e “Indústria e Energia – Administração e regulamentação”, onde se inclui o

Fundo para a Sustentabilidade Sistémica do Sector Energético.

Destaca-se ainda a inscrição em 2018 da nova medida denominada de “Comércio e Turismo – Imposto

Especial de Jogo”, a cargo do ITP, com 102,7 milhões de euros.

PLANEAMENTO E INFRAESTRUTURAS

Considerando que esta é a tutela na qual se perspetivam as políticas de planeamento estratégico do país,

principalmente no que às infraestruturas diz respeito, importa dizer que o Governo entende que em 2018 se

deve apostar no reforço da competitividade da economia portuguesa e no desenvolvimento e coesão territorial.

Para lá disto o Governo diz pretender concentrar-se na execução dos fundos comunitários do atual período de

programação e na preparação das linhas de força das políticas estruturais no pós-2020 e na consolidação do

investimento no eixo das infraestruturas, com enfoque particular no Plano “Ferrovia2020”.

Nesta linha, será ainda promovido o aproveitamento de instrumentos, como o Horizonte 2020, o Europe's

Programme for Small and Medium Enterprises (COSME), a Connecting European Facilitiy (CEF) e os EEA

Grants (European Economic Area Grants), assim como o acesso aos financiamentos do Banco Europeu

de Investimento e do Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa.

Páginas Relacionadas
Página 0099:
2 DE NOVEMBRO DE 2017 362 COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIA Parec
Pág.Página 99
Página 0100:
II SÉRIE-A — NÚMERO 22 100 educativas e assegurar o cumprimento dos d
Pág.Página 100
Página 0101:
2 DE NOVEMBRO DE 2017 362 operadores do Sistema Nacional de Qualificações (SNQ), at
Pág.Página 101
Página 0102:
II SÉRIE-A — NÚMERO 22 102 Quadro IV.11.1. Ensino Básico e Secundário
Pág.Página 102
Página 0103:
2 DE NOVEMBRO DE 2017 362 2017 Orçamento de 2018 Estimativa Rece
Pág.Página 103
Página 0104:
II SÉRIE-A — NÚMERO 22 104 2.3 As despesas com o pessoal alcançam des
Pág.Página 104
Página 0105:
2 DE NOVEMBRO DE 2017 362 2. “Reforço do Investimento em Ciência e Tecnologia, Demo
Pág.Página 105
Página 0106:
II SÉRIE-A — NÚMERO 22 106  À iniciativa “Research in Portugal”, bem
Pág.Página 106
Página 0107:
2 DE NOVEMBRO DE 2017 362 2.2 A despesa do Subsetor do Estado cresce 4,0% (mais 62
Pág.Página 107
Página 0108:
II SÉRIE-A — NÚMERO 22 108 Estado Orçamento de 2018
Pág.Página 108
Página 0109:
2 DE NOVEMBRO DE 2017 362 Neste Programa, 64,4% dos recursos estão afetos ao
Pág.Página 109