O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

4 DE MAIO DE 2018

27

no gradual desmantelamento das funções da Escola Pública e, em última análise, das próprias tarefas

fundamentais do Estado.

O PCP defende que a manutenção e requalificação do parque escolar é uma tarefa incumbida

fundamentalmente ao Estado, por via da ação do Governo, sendo para tal urgente e necessária uma estratégia

política, fixada em objetivos claros, que parta das necessidades identificadas no terreno e se harmonize partindo

de todos os pontos de vista, garantindo a participação da própria comunidade escolar em sentido amplo.

Entende o PCP que está em causa a necessidade urgente de requalificação e a realização das obras de

requalificação daEscola Secundária da Póvoa de Lanhoso.

Nestes termos, ao abrigo da alínea b) do artigo 156.º da Constituição e da alínea b) do n.º 1 do artigo 4.º do

Regimento, os Deputados do Grupo Parlamentar do PCP propõem que a Assembleia da República adote a

seguinte resolução:

A Assembleia da República recomenda ao Governo, nos termos do n.º 5 do artigo 166.º da Constituição da

República, que:

1. Se iniciem as obras de requalificação da Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso e se garantam as

condições materiais adequadas;

2. Se assegure a participação de todos os membros da comunidade escolar na definição e monitorização

da execução do projeto.

Assembleia da República, em 4 de maio de 2018.

Os Deputados do PCP: Carla Cruz — João Oliveira — Jerónimo de Sousa — Francisco Lopes — Paula

Santos — António Filipe — Ana Mesquita — Miguel Tiago — Bruno Dias — Ângela Moreira — Jorge Machado

— Diana Fernandes — Rita Rato — Paulo Sá — João Dias.

————

PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º 1573/XIII (3.ª)

REQUALIFICAÇÃO E REALIZAÇÃO URGENTE DE OBRAS NA ESCOLA SECUNDÁRIA DE AMARES

O Agrupamento de Escolas de Amares constituído em 4 de julho de 2012 é composto por oito

estabelecimentos de ensino, a saber: Escola Secundária de Amares – Escola sede; Escola EB 2/3 de Amares;

Centro Escolar de Bouro; Centro Escolar de Caldelas; Centro Escolar de Ferreiros; Centro Escolar de D. Gualdim

Pais; Centro Escolar do Vale do Cávado; Centro Escolar de Vale do Homem.

De acordo com o documento Projeto Educativo 2014-2017, a «Escola EB 2/3 foi criada em 1971 pela Portaria

n.º 446/71, com a denominação de Escola Preparatória de Sá de Miranda (mista) de Amares, funcionando na

Rua de Sá de Miranda, em Ferreiros. Esta designação foi sendo alterada ao longo dos anos, primeiro para

Escola Preparatória de Amares, depois para Escola Básica do 2.º e 3.º ciclos de Ensino Básico de Amares e

mais recentemente para Escola Básica de Amares. Desde setembro de 1989 funciona nas atuais instalações

situadas na Rua da Escola Preparatória – Ferreiros».

O mesmo documento refere que a «Escola Secundária de Amares, criada pela Portaria n.º 119/85, de 23 de

fevereiro, entrou em funcionamento em 1984, sendo a única escola secundária existente no concelho. Está

situada na Rua da Escola Secundária – Besteiros, sendo a Escola Sede do Agrupamento. A escola está

implantada numa zona com amplos espaços verdes, sendo constituída por um bloco de serviços com polivalente,

dois blocos de aula, um pavilhão polidesportivo, campo polidesportivo exterior e parque de estacionamento

interno. As condições de acessibilidade não são as melhores, existindo alguns constrangimentos para a

circulação automóvel, principalmente autocarros, e pessoas» e zonas sem passeio para a circulação dos alunos

que se deslocam a pé do centro da vila.

Páginas Relacionadas
Página 0015:
4 DE MAIO DE 2018 15 a) A alínea l) do n.º 1 do artigo 78.º do Código do Imposto so
Pág.Página 15
Página 0016:
II SÉRIE-A — NÚMERO 109 16 O mercado do arrendamento, com a reforma d
Pág.Página 16
Página 0017:
4 DE MAIO DE 2018 17 Magalhães — Jorge Paulo Oliveira — Manuel Frexes — António Top
Pág.Página 17