O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

II SÉRIE-A — NÚMERO 20

52

anteriores planos de ação, que vigoraram até ao fim do ano de 2017) nas seguintes áreas:

 Igualdade entre homens e mulheres;

 Prevenção e o combate à violência contar as mulheres e à violência doméstica;

 Combate à discriminação em razão da orientação sexual, identidade e expressão de género e

características sexuais.

As principais medidas que o Governo se propõe adotar, nestas áreas, são as seguintes:

 Aposta na aplicação de sistemas de avaliação das componentes das funções nas organizações, como

forma de combater a discriminação salarial no cumprimento da nova lei de promoção da igualdade

remuneratória por trabalho igual ou de igual valor, apoiando organizações e parceiros sociais nesse processo;

 Promoção de medidas de conciliação da vida profissional, familiar e pessoal, de natureza intersetorial

e integrada, em que se inclui a prossecução do debate com os parceiros sociais, de modo a alcançar um

compromisso para introduzir, nos instrumentos de contratação coletiva, disposições relativas à conciliação;

 Desenvolvimento, em articulação com os municípios, de mecanismos de territorialização da Estratégia

Portugal + Igual;

 Construção e melhoria do Sistema de Estatísticas da Igualdade no INE;

 Continuação da implementação da Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania no ano letivo

2018/2019, garantindo a necessária formação de docentes;

 Continuação da implementação dos orçamentos com impacto de género, incluindo a apresentação da

proposta de lei que institui um relatório anual, nos termos do artigo 17.º, n.º 3, da Lei n.º 114/2017, de 29 de

dezembro;

 Implementação dos protocolos celebrados para formação de profissionais na área da violência

doméstica, designadamente oficiais de justiça, forças de segurança e advogados/as, e desenvolvimento de

medidas que reforçam o funcionamento da rede nacional de apoio às vítimas de violência doméstica.

Nas áreas da integração das pessoas ciganas, do acolhimento e integração de migrantes e refugiados e do

combate à discriminação em razão da origem racial e étnica, entendeu o Governo destacar as seguintes

medidas:

 Continuação do Grupo de trabalho para criação de variáveis étnico-raciais nos Censos 2021;

 Revisão da Estratégia Nacional para a Integração das Comunidades Ciganas e o lançamento da nova

Geração (7.ª) do Programa Escolhas;

 Continuidade de uma política migratória moderna e transversal, de atração e fixação de migrantes, que

proporcione uma resposta integrada e mais adequada às dinâmicas migratórias contemporâneas e às

necessidades atuais de integração das pessoas migrantes;

 Melhoria do sistema de acolhimento e integração de refugiados em Portugal ao nível da reinstalação,

recolocação e de pedidos espontâneos de proteção internacional, incluindo os menores estrangeiros não

acompanhados, tendo em vista a sua plena integração na sociedade portuguesa.

PROPOSTA DE LEI N.º 156/XIII/4.ª — (Aprova o Orçamento do Estado para 2019)

1 – Linhas de ação política – o Relatório do Orçamento do Estado para 2019

O Relatório que acompanha a Proposta de lei do Orçamento do Estado contém as linhas gerais de

intervenção política do Governo em matéria de Igualdade e Não-Discriminação, as quais, segundo o mesmo,

resultam da conjugação dos instrumentos nacionais que norteiam a implementação destas políticas, com as

orientações europeias e internacionais, prosseguindo uma política de garantia da igualdade entre mulheres e

homens, através da promoção de ações específicas e integrando, em todas as políticas, a dimensão de

Páginas Relacionadas
Página 0018:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 18  Linguagem não discriminatória
Pág.Página 18
Página 0019:
27 DE OUTUBRO DE 2018 19 refira-se que o Conselho Económico e Social, no parecer ap
Pág.Página 19
Página 0020:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 20  A criar as condições necessárias para mod
Pág.Página 20
Página 0021:
27 DE OUTUBRO DE 2018 21 simplificação e agregação processual.  A cr
Pág.Página 21
Página 0022:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 22 No que se refere ao sistema de proteção às
Pág.Página 22
Página 0023:
27 DE OUTUBRO DE 2018 23 (Quadro retirado do relatório que acompanha o OE 2019)
Pág.Página 23
Página 0024:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 24 Unidade: Euros Designação orgânica <
Pág.Página 24
Página 0025:
27 DE OUTUBRO DE 2018 25 3.2. Gestão Administrativa e Financeira do Ministér
Pág.Página 25
Página 0026:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 26 Unidade: Euros SERVIÇOS INTEGRADOS <
Pág.Página 26
Página 0027:
27 DE OUTUBRO DE 2018 27 Unidade: Euros SERVIÇOS INTEGRADOS Projetos
Pág.Página 27
Página 0028:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 28 Conforme referido no relatório que acompanh
Pág.Página 28
Página 0029:
27 DE OUTUBRO DE 2018 29 (Quadro retirado do relatório que acompanha o OE 2019)
Pág.Página 29
Página 0030:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 30 Do total de verbas previstas, 81.896.982 eu
Pág.Página 30
Página 0031:
27 DE OUTUBRO DE 2018 31 Unidade: Euros Programa 008 – Justiça MEDIDA
Pág.Página 31
Página 0032:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 32 8. Outras áreas da Justiça
Pág.Página 32
Página 0033:
27 DE OUTUBRO DE 2018 33 Unidade: Euros Encargos Gerais do Estado Des
Pág.Página 33
Página 0034:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 34  Artigo 6.º, n.º 4, alínea d) (Afet
Pág.Página 34
Página 0035:
27 DE OUTUBRO DE 2018 35 administrativa fixados na lei, consideram-se perdidos a fa
Pág.Página 35
Página 0036:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 36 fixa as regras da notificação edital, passa
Pág.Página 36
Página 0037:
27 DE OUTUBRO DE 2018 37 PARECER SECTORIAL — ÁREA DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA <
Pág.Página 37
Página 0038:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 38 em armamento, equipamentos de proteção indi
Pág.Página 38
Página 0039:
27 DE OUTUBRO DE 2018 39 – Intensificar o combate à ilegalidade associada aos fenóm
Pág.Página 39
Página 0040:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 40 contribuam para a redução da sinistralidade
Pág.Página 40
Página 0041:
27 DE OUTUBRO DE 2018 41 contraordenacional, diminuindo os custos, libertando efeti
Pág.Página 41
Página 0042:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 42 O investimento na prevenção será igualmente
Pág.Página 42
Página 0043:
27 DE OUTUBRO DE 2018 43 Quadro IV.7.2. Segurança Interna (PO07) – Despesa dos SFA
Pág.Página 43
Página 0044:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 44 Quadro IV.7.4. Segurança Interna (PO07) – D
Pág.Página 44
Página 0045:
27 DE OUTUBRO DE 2018 45 Na estrutura de distribuição por medidas inscritas no prog
Pág.Página 45
Página 0046:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 46 (…) 4 – Excetuam-se das cativ
Pág.Página 46
Página 0047:
27 DE OUTUBRO DE 2018 47 junta médica da CGA, IP, todos os elementos clínicos, rela
Pág.Página 47
Página 0048:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 48 para o ano de 2019, é de € 26 151 049,08. <
Pág.Página 48
Página 0049:
27 DE OUTUBRO DE 2018 49 – Artigo 150.º (Salas de atendimento à vítima)
Pág.Página 49
Página 0050:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 50 de afetação); g) Definir que, de mod
Pág.Página 50
Página 0051:
27 DE OUTUBRO DE 2018 51 Administração Interna, estão em condições de seguir os ult
Pág.Página 51
Página 0053:
27 DE OUTUBRO DE 2018 53 género, uma vez que a discriminação das mulheres é multifa
Pág.Página 53
Página 0054:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 54 No campo da Integração e Migrações, no que
Pág.Página 54
Página 0055:
27 DE OUTUBRO DE 2018 55  Artigo 9.º (Alterações orçamentais) e corresponde
Pág.Página 55
Página 0056:
II SÉRIE-A — NÚMERO 20 56  Continuidade de uma política migratória m
Pág.Página 56