O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

27 DE MAIO DE 2021

19

amplas para o bem-estar saudável e um futuro sustentável para as próximas gerações.

———

PROJETO DE LEI N.º 822/XIV/2.ª

(ABOLIÇÃO DAS PROVAS NACIONAIS DE 9.º ANO DE ESCOLARIDADE)

Parecer da Comissão de Educação, Ciência, Juventude e Desporto e nota técnica elaborada pelos

serviços de apoio

Parecer

Índice

Parte I – Considerandos

Parte II – Opinião da Deputada autora do parecer

Parte III – Conclusões

Parte IV – Anexos

PARTE I – CONSIDERANDOS

1.1. Nota introdutória

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda tomou a iniciativa de apresentar à Assembleia da República o

Projeto de Lei n.º 822/XIV/2.ª (BE) com o título «Abolição das provas nacionais de 9.º ano de escolaridade».

A iniciativa em apreciação é apresentada pelos 19 Deputados do Grupo Parlamentar do BE, ao abrigo e nos

termos do n.º 1 do artigo 167.º da CRP e do n.º 1 do artigo 119.º do Regimento da Assembleia da República

(RAR), que consagram o poder de iniciativa da lei. Trata-se de um poder dos Deputados, por força do disposto

na alínea b) do artigo 156.º da CRP e na alínea b) do n.º 1 do artigo 4.º do Regimento, bem como dos grupos

parlamentares, por força do disposto na alínea g) do n.º 2 do artigo 180.º da CRP e na alínea f) do artigo 8.º do

RAR.

O projeto de lei em apreciação deu entrada a 30 de abril de 2021. A 3 de maio foi admitido e baixou para

discussão na generalidade à Comissão de Educação, Ciência, Juventude e Desporto (8.ª), por despacho do Sr.

Presidente da Assembleia da República, tendo sido anunciado na sessão plenária do dia 5 de maio.

1.2. Âmbito da Iniciativa

Com a presente iniciativa visam os proponentes abolir as provas nacionais do 9.º ano de escolaridade,

revogando o n.º 3 do artigo 25.º e o n.º 1 do artigo 32.º do Decreto-Lei n.º 55/2018, de 6 de julho, e que os

resultados da avaliação interna do 9.º ano de escolaridade sejam os únicos válidos para efeitos de

prosseguimento de estudos e certificação de conclusão do ensino básico.

1.3. Análise da Iniciativa

1.3.1. Enquadramento jurídico nacional

A Constituição da República Portuguesa (CRP) consagra, nos artigos 73.º e seguintes, o direito à educação

e à cultura, com garantia do direito à igualdade de oportunidades de acesso e êxito escolar.

Páginas Relacionadas
Página 0003:
27 DE MAIO DE 2021 3 PROJETO DE LEI N.º 801/XIV/2.ª (PROCEDE À
Pág.Página 3
Página 0004:
II SÉRIE-A — NÚMERO 142 4 defender. 2 – Para assegurar o dire
Pág.Página 4
Página 0005:
27 DE MAIO DE 2021 5 PARTE III – Conclusões 1 – O PAN
Pág.Página 5
Página 0006:
II SÉRIE-A — NÚMERO 142 6 I. Análise da iniciativa • A iniciat
Pág.Página 6
Página 0007:
27 DE MAIO DE 2021 7 da integração, da cooperação internacional, do c
Pág.Página 7
Página 0008:
II SÉRIE-A — NÚMERO 142 8 • Impactes do projeto, designadamente os ma
Pág.Página 8
Página 0009:
27 DE MAIO DE 2021 9 • Portaria n.º 395/2015, de 4 de novembro, que a
Pág.Página 9
Página 0010:
II SÉRIE-A — NÚMERO 142 10 III. Apreciação dos requisitos formais
Pág.Página 10
Página 0011:
27 DE MAIO DE 2021 11 1 do artigo 2.º da citada lei formulário, segun
Pág.Página 11
Página 0012:
II SÉRIE-A — NÚMERO 142 12 objetivo garantir um elevado nível de prot
Pág.Página 12
Página 0013:
27 DE MAIO DE 2021 13 localização, natureza ou operação ou a implemen
Pág.Página 13
Página 0014:
II SÉRIE-A — NÚMERO 142 14 Segurança Nuclear) divulga várias informaç
Pág.Página 14
Página 0015:
27 DE MAIO DE 2021 15 sancionatório (artigos 58. a 64.); – A d
Pág.Página 15
Página 0016:
II SÉRIE-A — NÚMERO 142 16 3.º O princípio do poluidor-pagador, segun
Pág.Página 16
Página 0017:
27 DE MAIO DE 2021 17 consolidado); 3.º As terras, o solo, a á
Pág.Página 17
Página 0018:
II SÉRIE-A — NÚMERO 142 18 VI. Avaliação prévia de impacto • A
Pág.Página 18