O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

11 DE MAIO DE 2017

3

O ministério de Jorge Bergoglio como Sumo Pontífice tem-se traduzido na multiplicação de gestos de paz

para a tomada de consciência de que a humanidade só se realiza verdadeiramente na justiça e na fraternidade.

‘A Terra é a nossa casa comum e todos somos irmãos’ (Evangelii Gaudium, 183).

Enquanto Bispo de Roma tem demonstrado uma liberdade ímpar que desafia as instituições a um humanismo

mais profundo e radical com vista à ‘construção de um mundo melhor’.

Em 2017, dirigindo-se aos líderes da União Europeia, por ocasião do Conselho Europeu Extraordinário que

assinalou o 60.º aniversário do Tratado de Roma, afirmou: ‘A quem governa compete discernir as estradas da

esperança, identificar os percursos concretos para se conseguir que os significativos passos realizados até

agora não fiquem perdidos, mas sejam penhor dum caminho longo e frutuoso’.

Trata-se de uma personalidade ímpar e de uma voz incontornável no atual contexto internacional, que tem

congregado a admiração de muitos e o respeito de todos.

Ao fazer coincidir a sua visita com a canonização de Jacinta e Francisco Marto, a deslocação do Papa a

Portugal representa não só um reconhecimento da dimensão universal de Fátima — que este ano comemora o

centenário das aparições — mas também a afirmação do nosso património à escala global, independentemente

das convicções religiosas de cada um.

Assim, a Assembleia da República, reunida em Plenário, congratula-se pela visita do Papa Francisco.

Palácio de S. Bento, 10 de maio de 2017.

Os Deputados, Assunção Cristas (CDS-PP) — Nuno Magalhães (CDS-PP) — Telmo Correia (CDS-PP) —

Cecília Meireles (CDS-PP) — Helder Amaral (CDS-PP) — Filipe Anacoreta Correia (CDS-PP) — João Pinho de

Almeida (CDS-PP) — João Rebelo (CDS-PP) — Pedro Mota Soares (CDS-PP) — Filipe Lobo D' Ávila (CDS-

PP) — Patrícia Fonseca (CDS-PP) — Vânia Dias da Silva (CDS-PP) — António Carlos Monteiro (CDS-PP) —

Ana Rita Bessa (CDS-PP) — Álvaro Castelo Branco (CDS-PP) — Isabel Galriça Neto (CDS-PP) — Ilda Araújo

Novo (CDS-PP) Emília Santos (PSD) — Álvaro Batista (PSD) — Maria Germana Rocha (PSD) — Regina Bastos

(PSD) — Fátima Ramos (PSD) — Susana Lamas (PSD) — Sara Madruga da Costa (PSD) — Berta Cabral (PSD)

— Maurício Marques (PSD).

________

VOTO N.º 300/XIII (2.ª)

DE PESAR PELO FALECIMENTO DE ANTÓNIO GOMES DA COSTA

Faleceu António Gomes da Costa, uma das mais ilustres figuras da comunidade portuguesa no Brasil.

Nascido na Póvoa de Varzim, em 27 de janeiro de 1934, radicou-se no Rio de Janeiro há muitos anos, onde

se licenciou em Economia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e Ciências Jurídicas pela Universidade

Cândido Mendes, tendo-se posteriormente distinguido por uma intensa atividade cultural, associativa e

empresarial.

Desempenhou cargos dirigentes em relevantíssimas instituições luso-brasileiras, com destaque para os

lugares de Presidente do Real Gabinete Português de Leitura, Presidente da Real e Benemérita Sociedade

Portuguesa Caixa de Socorros D. Pedro V, Presidente do Liceu Literário Português, Presidente da Federação

das Associações Portuguesas e Luso-Brasileiras, Presidente da Real Sociedade Clube Ginástico Português,

Presidente da Fundação Portugal, Secretário-Geral da Fundação Cultural Brasil-Portugal e membro do Instituto

Histórico e Geográfico Brasileiro, da Academia de Ciências de Lisboa, da Academia Portuguesa da História e

do Instituto Histórico de Santa Catarina.

Tendo em conta a importância do seu papel nas relações entre Portugal e o Brasil e a excelência da sua

ação nos mais variados domínios da vida pública dos dois países, foi distinguido com os graus de Grande Oficial

da Ordem do Infante D. Henrique e Grã-Cruz da Ordem do Mérito Agrícola e Industrial da República Portuguesa

e de Comendador da Ordem do Rio Branco, Oficial da Ordem de Mérito Militar e Oficial da Ordem de Mérito

Aeronáutico da República Federativa do Brasil.

Páginas Relacionadas
Página 0005:
11 DE MAIO DE 2017 5 Bexiga (PS) — Francisca Parreira (PS) — José Carlos Barros (PS
Pág.Página 5