O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

II SÉRIE-B — NÚMERO 39

8

Outro subscritor: Cristóvão Norte (PSD).

————

VOTO N.º 794/XIII/4.ª

DE SAUDAÇÃO AO DIA MUNDIAL DO TEATRO

A 27 de março comemora-se o Dia Mundial do Teatro, instituído em 1961 pelo International Theatre Institute

e celebrado, pela primeira vez, em 1962. Nos palcos dos teatros, academias e escolas do País e do mundo

celebra-se no Dia Mundial do Teatro a partilha de todos os dias de «uma experiência de vida, por segundos

mais diáfana que a própria vida».

Nas palavras do encenador cubano Carlos Celdran, que escreve a Mensagem do Dia Mundial do Teatro

deste ano, o teatro é «um país em si mesmo, um grande território que abarca o mundo inteiro» e é uma «viagem

através do imaginário da tua gente, uma semente semeada na mais remota das terras: a consciência cívica,

ética e humana dos teus espectadores.»

Celebrar esta arte é prestar homenagem a todos os que têm sido protagonistas desta «viagem dos

argonautas». É assinalar o contributo inestimável que o teatro tem dado ao progresso coletivo das sociedades.

É recordar o importante papel que, no nosso País, o teatro amador, universitário, independente e também

profissional tiveram na resistência ao fascismo. É relembrar as difíceis e precárias condições em que tantas

vezes, ainda hoje, as mulheres e homens que se dedicam ao teatro têm de trabalhar.

Neste dia, cruza-se a celebração com a ideia de um futuro urgente, em que o direito à criação e à fruição

cultural afastem as cortinas e ganhem centralidade no palco das opções políticas.

A Assembleia da República, reunida em Plenário, saúda o Dia Mundial do Teatro e todos os que se dedicam,

de forma profissional ou amadora, ao Teatro e contribuem para o progresso das sociedades pela partilha da

maravilhosa experiência das artes cénicas.

Assembleia da República, 27 de março de 2019.

Os Deputados do PCP: Ana Mesquita — Paula Santos — João Oliveira — António Filipe — Rita Rato —

Ângela Moreira — Paulo Sá — João Dias — Carla Cruz — Jorge Machado — Diana Ferreira — Duarte Alves —

Bruno Dias.

Outros subscritores: Carla Sousa (PS) — Luís Vilhena (PS) — Alexandre Quintanilha (PS) — Ricardo Bexiga

(PS) — Luís Graça (PS) — Margarida Mano (PSD) — Santinho Pacheco (PS) — Vitalino Canas (PS) — João

Gouveia (PS) — Joaquim Barreto (PS).

————

VOTO N.º 795/XIII/4.ª

DE SAUDAÇÃO PELO 70.º ANIVERSÁRIO DA OTAN

A celebração do septuagésimo aniversário da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) é uma

homenagem justa e louvável que a Assembleia da República presta a uma Aliança basilar, assente na tradição

ocidental, para a nossa segurança coletiva e na defesa da ordem democrática.

Ao longo de sete décadas, a OTAN justificou a sua razão de ser e a sua finalidade. Depois da Guerra Fria,

das parcerias e da gestão de crises na década de 90, OTAN soube sempre ter a virtude de se adaptar ativamente

às alterações de segurança conjunturais, respondendo a um quadro renovado de ameaças, desde o terrorismo

à pirataria internacional ou aos ataques cibernéticos.

Páginas Relacionadas
Página 0006:
II SÉRIE-B — NÚMERO 39 6 tem ainda, em vários momentos, motivado a co
Pág.Página 6
Página 0007:
30 DE MARÇO DE 2019 7 falecimento de João Vasconcelos e apresenta as suas sentidas
Pág.Página 7