O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

II SÉRIE-B — NÚMERO 40

6

VOTO N.º 804/XIII/4.ª

DE CONGRATULAÇÃO PELO RECONHECIMENTO DA EXCECIONAL QUALIDADE DO CENTRO DE

INVESTIGAÇÃO EM BIODIVERSIDADE E RECURSOS GENÉTICOS (CIBIO-INBIO), DA UNIVERSIDADE

DO PORTO

No passado dia 3 de abril, o Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO-

InBIO), da Universidade do Porto, obteve a aprovação simultânea pela Comissão Europeia de duas

candidaturas a financiamento competitivo, ao abrigo do programa 'Widening' (Teaming e ERA – Chair) do

Horizonte 2020, num valor total estimado entre os 130 e os 150 milhões de euros.

Com estas aprovações, a Comissão Europeia reconhece a excecional qualidade do trabalho desenvolvido

por um centro de investigação nacional – o que acontece, com esta dimensão e formato, pela primeira vez na

história da ciência em Portugal.

Para o CIBIO-InBIO, estas aprovações são o contexto ideal para o desenvolvimento de uma investigação

inovadora, de alta qualidade e com um forte impacto social, ambiental, económico e cultural, que vão contribuir

para uma sociedade melhor capacitada para efetuar escolhas informadas.

Reunida em sessão plenária, a Assembleia da República congratula-se pelo reconhecimento da excecional

qualidade do trabalho desenvolvido pelo Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos e no

que isso se traduz para a valorização da ciência em Portugal.

Palácio de São Bento, 5 de abril de 2019.

O Presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues.

Outro subscritor: Alexandre Quintanilha (PS) — António Cardoso (PS) — João Marques (PS) — Odete

João (PS) — Cristina Jesus (PS) — Joaquim Barreto (PS) — Carla Sousa (PS) — Maria da Luz Rosinha (PS)

— Santinho Pacheco (PS) — Sofia Araújo (PS) — Maria Germana Rocha (PSD) — Maria Conceição Loureiro

(PS) — Elza Pais (PS) — Maria Manuel Leitão Marques (PS) — José Rui Cruz (PS) — Francisco Rocha (PS)

— Vitalino Canas (PS) — Marisabel Moutela (PS) — José Manuel Carpinteira (PS) — Pedro Pimpão (PSD) —

Pedro do Carmo (PS) — Pedro Murcela (PS) — Rui Riso (PS) — António Sales (PS) — Joana Lima (PS) —

Ricardo Bexiga (PS) — Carla Tavares (PS) — Wanda Guimarães (PS) — Eurídice Pereira (PS) — João

Gouveia (PS) — Ana Passos (PS) — João Azevedo Castro (PS) — Sara Madruga da Costa (PSD) — Maria

Augusta Santos (PS).

———

VOTO N.º 805/XIII/4.ª

DE PESAR PELA MORTE DE PEDRO LOURENÇO

Faleceu no passado dia 3 de abril, aos 87 anos, o antigo Deputado Sr. António Pedro da Silva Lourenço.

Pedro Lourenço aderiu ao CDS em 1976, tendo sido tesoureiro, vice-presidente e presidente da Comissão

Política Concelhia de Lisboa.

Bancário de profissão, foi Deputado à Assembleia da República, pelo Círculo Eleitoral de Lisboa, nas

primeiras três Legislaturas.

Com grande dedicação à cidade, foi colaborador próximo do histórico presidente da Câmara Municipal de

Lisboa, Nuno Krus Abecasis, e, mais tarde, do Prof. Adriano Moreira, enquanto presidente do CDS. Mesmo

depois de acabar o exercício de cargos partidários, continuou a dedicar-se, como militante, à causa pública.

Páginas Relacionadas