O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

II SÉRIE-B — NÚMERO 6

10

crimes de abuso sexual de menor dependente, 119 crimes de violação e ainda um crime de violação agravada

pela referida gravidez da vítima, filha do criminoso.

Numa sociedade cada vez mais fustigada pelos crimes de natureza sexual, sobretudo exercidos contra

menores, crianças e jovens, o Chega que tanto tem vindo a alertar para a urgência de combater este problema

com soluções verdadeiramente capazes e definitivas, vem manifestar o seu protesto pelo quantum de pena

jurídica aplicada, que entende ser manifestamente baixa para a totalidade de condutas criminais consideradas

provadas.

Pecuniariamente, nem 25 mil euros nem qualquer outra quantia que fosse, conseguiria de forma alguma,

compensar a vítima pelos danos sofridos. No que a penas privativas de liberdade diz respeito, atendendo ao

catálogo de crimes julgados, parece-nos tal como acima se referiu, uma moldura penal inadmissivelmente

baixa e que igualmente deve reabrir o debate sobre um agravamento das molduras penais de muitos crimes

constantes do catálogo criminal português.

Palácio de São Bento, 19 de novembro de 2019.

O Deputado do CH, André Ventura.

———

VOTO N.º 48/XIV/1.ª

DE CONGRATULAÇÃO PELA ATRIBUIÇÃO DE GRAMMY LATINO A JOSÉ CID

O cantor, compositor e músico português José Cid, um nome central da música portuguesa em geral e do

pop-rock em particular, recebeu, no passado dia 13 de novembro, um Grammy de Excelência Musical

atribuído pela Academia Latina de Gravação.

Este prémio, atribuído a artistas que fizeram contribuições de significado artístico excecional para a música

latina, foi também atribuído a Eva Ayllón, Joan Baez, Lupita D'Alessio, Hugo Fattoruso, Pimpinela, Omara

Portuondo e José Luis Rodríguez «El Puma» pela excelência das suas carreiras musicais.

Nascido a 4 de fevereiro de 1942, José Cid iniciou o seu percurso na música aos 14 anos quando integrou

o agrupamento musical Os Babies. Aos 17 anos compôs a sua primeira canção, Andorinha. O primeiro álbum

a solo é lançado em maio de 1971. Vinte Anos, um dos seus maiores êxitos, surge em 1973. Um Grande.

Grande Amor, A Pouco e Pouco, Como Macaco Gosta de Bananas, A Cabana Junto à Praia, Cai Neve em

Nova Iorque, Ontem, Hoje e Amanhã, A Rosa Que Te Dei são alguns dos muitos êxitos que José Cid lançou e

que marcam o panorama musical português.

José Cid representou Portugal nos festivais da OTI, em 1979 e no da Eurovisão, em 1980, depois de ter

vencido o da RTP, ao qual concorreu várias vezes. Com a canção Ontem, hoje e amanhã foi um dos

premiados no Festival Yamaha, em Tóquio, em 1975.

Hoje, com 77 anos de idade, José Cid, um dos mais criativos autores e intérpretes nacionais, mantém uma

atividade intensa com temas que continuam a estar presentes no ouvido e na memória de várias gerações de

portugueses.

Assim, a Assembleia da República, reunida em sessão plenária, congratula-se e felicita José Cid pela

conquista do Grammy de Excelência Musical que lhe foi atribuído pela Academia Latina de Gravação,

reconhecendo a importância de José Cid no panorama da música nacional e internacional, ao longo de uma

brilhante carreira.

Palácio de São Bento, 14 de novembro 2019.

Os Deputados do PSD: João Moura — Isaura Morais — Sónia Ferreira — António Ventura — Maria

Germana Rocha — Cláudia André — António Cunha — Alberto Fonseca — Maria Gabriela Fonseca —

Páginas Relacionadas
Página 0008:
II SÉRIE-B — NÚMERO 6 8 ao teatro. Marcou sempre pelo rigor, pela exi
Pág.Página 8
Página 0009:
22 DE NOVEMBRO DE 2019 9 Em 2010, recebeu a Medalha de Ouro da cidade de Lisboa, a
Pág.Página 9