O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

5 DE JUNHO DE 2020

9

excesso de violência policial ainda presente em algumas comunidades dos Estados Unidos da América, gerando

uma onda de protestos pacíficos que, sob o lema «não consigo respirar», condenavam a morte bárbara de

George Floyd e exigiam o fim das discriminações raciais no país, bem como trouxe a solidariedade de agentes

policiais que não se identificam e condenam este tipo de abusos.

Em resposta a estes protestos verificou-se uma reação violenta da polícia contra pessoas que protestavam

pacificamente e jornalistas, e pela voz do Presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, ouviram-

se ameaças de uso da força militar para travar os protestos pacíficos. Esta reação do Governo Federal dos

Estados Unidos da América é preocupante não só porque aumenta a instabilidade no país, como também

representa uma limitação inadmissível dos direitos fundamentais dos cidadãos e da liberdade de manifestação.

A Assembleia da República, reunida em sessão plenária, manifesta o seu pesar pela morte bárbara de

George Floyd e condena o excesso de violência policial e o racismo que ainda persistem nos Estados Unidos

da América.

Palácio de São Bento, 3 de maio de 2020.

As Deputadas e o Deputado do PAN: Bebiana Cunha — Cristina Rodrigues — Inês de Sousa Real — André

Silva.

———

PROJETO DE VOTO N.º 244/XIV/1.ª

DE PESAR PELO FALECIMENTO DE BEATRIZ LEBRE

Beatriz Lebre, cujo desaparecimento foi comunicado às autoridades pela família, foi encontrada morta no dia

29 de maio, junto ao terminal de contentores de Santa Apolónia, em Lisboa, vários dias depois de ter sido

assassinada. De acordo com o noticiado, este crime terá sido cometido por um colega de mestrado de Beatriz,

acreditando as autoridades que foi motivado por ciúmes.

Beatriz Lebre, com 23 anos é natural de Elvas. Licenciou-se em Psicologia no Instituto Universitário de Lisboa

(ISCTE) e encontrava-se atualmente a tirar o Mestrado em Psicologia Social e das Organizações. Ao mesmo

tempo, trabalhava numa loja num centro comercial. De acordo com a própria nas redes sociais, as artes sempre

foram a sua grande paixão. Na sua página do LinkedIn pode ler-se «Sou apaixonada por música, pessoas,

cinema, teatro, filosofia e literatura. Sempre estive».

Esta situação conduz a uma grande preocupação e revolta. A violência contra as mulheres continua a ser

um flagelo no nosso País que precisa de todo o empenho para ser prevenido e combatido, exigindo-se uma

reflexão cada vez mais aprofundada e uma intervenção cada vez mais precoce e integrada.

Assim, a Assembleia da República, reunida em sessão plenária, manifesta o seu pesar pelo falecimento de

Beatriz Lebre e apresenta as suas sentidas condolências aos seus familiares e amigos.

Palácio de São Bento, 3 de julho de 2020.

As Deputadas e o Deputado do PAN: Bebiana Cunha — Cristina Rodrigues — Inês de Sousa Real — André

Silva.

———

Páginas Relacionadas
Página 0005:
5 DE JUNHO DE 2020 5 Manuel Carpinteira — Ana Passos — Jorge Gomes — João Miguel Ni
Pág.Página 5