O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

12 DE JUNHO DE 2020

3

partidos políticos na defesa intransigente dos direitos, liberdades e garantias de todos, na construção de um

País mais igual, onde o racismo não tem lugar.

Volvidos 25 anos do assassinato de Alcindo Monteiro reafirmamos o nosso compromisso com um País que

não dê tréguas ao racismo.

Reunida em sessão plenária, a Assembleia da República expressa o seu profundo pesar sobre os 25 anos

volvidos sobre o brutal homicídio de Alcindo Monteiro e reafirma o seu compromisso no combate diário ao

racismo.

Palácio de São Bento, 3 de junho de 2020.

As Deputadas e os Deputados do PS: Tiago Estevão Martins — Maria Begonha — Miguel Matos —

Eduardo Barroco de Melo — Joana Sá Pereira — Filipe Pacheco — Olavo Câmara — Catarina Marcelino —

Isabel Alves Moreira — Romualda Fernandes — Pedro Delgado Alves — Paulo Porto — Tiago Barbosa

Ribeiro — José Manuel Carpinteira — Ana Maria Silva — Ana Passos — Cristina Sousa — Palmira Maciel —

José Manuel Carpinteira.

———

PROJETO DE VOTO N.º 252/XIV/1.ª

DE PESAR PELO FALECIMENTO DE LUÍS PEDRO PIMENTEL

Luís Pedro Machado Sampaio de Sousa Pimentel nasceu em Castedo do Douro, no concelho de Alijó, Vila

Real, a 16 de abril de 1970 e faleceu a 6 de junho de 2020 aos 50 anos.

Dedicou a sua vida à política.

Foi Deputado à Assembleia da República nas XIII, XII, XI e VIII Legislaturas. Foi membro da Assembleia

Municipal de Alijó e da Assembleia Intermunicipal da CIM Douro.

Deu o melhor de si ao PSD e à política pública.

Desde membro ativo na JSD a Secretário-Geral Adjunto do PSD imprimiu simplicidade às funções e às

ações de proximidade que os cargos obrigam.

Colaborou como adjunto no XV Governo constitucional, foi Vice-Presidente da Comissão Política Distrital

do PSD de Vila Real, Presidente da Comissão Política de Secção do PSD de Alijó, e Vice-Presidente da

mesma, cargo que ocupava até agora.

Na Assembleia da República, integrou as Comissões de Defesa Nacional e Agricultura e Mar e a

Delegação Permanente à Assembleia Parlamentar da NATO (APNATO), onde concentrou o seu trabalho

parlamentar. Contudo, como Deputado eleito por Vila Real, manteve uma proatividade nas questões regionais,

desde a saúde aos transportes, elevando o debate com sua cordialidade e tolerância.

Enquanto Deputado da agricultura, como por vezes era conhecido, manteve-se sempre atento aos

problemas do mundo rural, aos desafios dos produtores agrícolas, em especial aos da vitivinicultura da Região

do Douro, de onde era natural. Procurava dar voz a quem não tinha, espalhando com cuidado e dedicação as

reivindicações dos agricultores, cuja nobreza da atividade permite a sobrevivência do Homem.

Luís Pedro tinha também essa nobreza enquanto vitivinicultor.

A sua partida precoce, repentina e inesperada deixa aos que partilharam a sua vida uma saudade

imensurável. Faz revelar sentimentos comuns de tristeza e consternação, demonstrando friamente a certeza

da nossa mortalidade e colocando dúvidas quanto ao futuro.

Luís Pedro Pimentel confiava no futuro. Entregava-se com o seu sorriso inconfundível e genuíno, revelando

a sua imensa fé. Isso é parte do seu legado.

Numa das suas últimas intervenções públicas, perante a incerteza da atual pandemia, demonstrou uma

esperança inabalável, apoiada na sua profunda espiritualidade.

Páginas Relacionadas
Página 0006:
II SÉRIE-B — NÚMERO 44 6 Os Deputados do PSD: António Maló de Abreu —
Pág.Página 6