O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

II SÉRIE-B — NÚMERO 40

4

de uma Comissão conjunta com Horácio Faria Pereira e Joaquim de Figueiredo Ministro, surgindo a proposta

dos seus primeiros estatutos, formalizando-se em 1923 com a primeira reunião magna em que foram escolhidos

os seus pioneiros corpos diretivos, sendo finalmente reconhecida formalmente pelo Estado em janeiro de 1924.

Ao longo dos seus cem anos de existência, a Liga dos Combatentes, sob tutela do Ministro da Defesa

Nacional, tem desenvolvido as suas atividades, responsabilidades e deveres de forma exemplar, nobre e

distinta, assegurando em especial, entre outros relevantes objetivos e ações, a proteção, o auxílio e o apoio

social que estão na base da dignidade e da defesa dos interesses dos combatentes portugueses e das suas

famílias.

Com o natural desaparecimento físico das gerações que combateram na Grande Guerra de 1914-1918 e

com o deflagrar da Guerra do Ultramar, a Liga dos Combatentes da Grande Guerra – que desde inícios da

segunda metade do século XX passara a ser denominada pela designação abreviada, «Liga dos Combatentes»

– encontrará nos combatentes do Ultramar (1961-1974) novas gerações e novos protagonistas para prolongar

e estender as suas ações, renovadas ainda até à atualidade pelos combatentes que integraram forças nacionais

destacadas.

O Parlamento português releva toda a atividade que a Liga desenvolveu ao longo dos seus cem anos, à qual

o Estado português no seu todo e a Assembleia da República em particular muito devem pelos sempre presentes

e ativos contributos, nomeadamente nos processos legislativos respeitantes a matérias de interesse direto ou

indireto dos Antigos Combatentes, sublinhando-se em concreto o recente Estatuto do Antigo Combatente.

Os cem anos de sólido trabalho desta instituição, no campo da preservação da memória material e imaterial

das Forças Armadas centrada nos indivíduos e nas gerações que briosamente serviram em cenários de conflito,

assim como a salvaguarda e defesa do património histórico e da identidade cultural da História Militar nacional,

demonstram que a Liga dos Combatentes é merecedora do crédito público e do reconhecimento, respeito e

gratidão de amplos setores da sociedade portuguesa, pelos serviços prestados em prol de todos os Antigos

Combatentes por Portugal.

Assim, a Assembleia da República congratula-se pelo centésimo aniversário da Liga dos Combatentes,

reconhecendo-a na qualidade de instituição merecedora da gratidão pública e ao qual presta sincera

homenagem, endereçada à sua direção central e demais órgãos sociais nacionais na pessoa do seu Presidente,

senhor tenente-general Joaquim Chito Rodrigues, às suas delegações e núcleos disseminados pelo território

nacional, aos sócios da Liga e a todos os antigos combatentes por Portugal.

Palácio de São Bento, 20 de abril de 2021.

As Deputadas e os Deputados do PS: Diogo Leão — Lara Martinho — Marcos Perestrello — José Luís

Carneiro — Manuel dos Santos Afonso — Raul Miguel Castro — Pedro Delgado Alves — Maria da Luz Rosinha

— Joaquim Barreto — Jorge Gomes — Cristina Jesus — Tiago Estevão Martins — Maria Joaquina Matos —

Hugo Oliveira — Pedro do Carmo — Paulo Pisco — João Paulo Pedrosa — Romualda Fernandes — Joana Sá

Pereira — Rosário Gambôa — José Mendes — Sílvia Torres — Hortense Martins — Sara Velez — Susana

Amador — Bruno Aragão — Susana Correia — Raquel Ferreira — José Manuel Carpinteira — Hugo Costa —

Paulo Porto — Marta Freitas — Alexandra Tavares de Moura — João Miguel Nicolau — Luís Graça — Rita

Borges Madeira — Francisco Rocha — Cristina Mendes da Silva — Nuno Fazenda — Ivan Gonçalves —

Eurídice Pereira — Isabel Rodrigues — Olavo Câmara — Filipe Pacheco — Sofia Araújo — Norberto Patinho —

Fernando Paulo Ferreira — Elza Pais — Pedro Sousa — Edite Estrela — Palmira Maciel — Vera Braz — Ana

Passos — Santinho Pacheco — Carlos Brás — Telma Guerreiro — Miguel Matos — Mara Coelho — Nuno Sá

— Maria da Graça Reis — Ana Paula Vitorino — Cristina Sousa — Tiago Barbosa Ribeiro — Clarisse Campos

— Martina Jesus — Anabela Rodrigues — José Rui Cruz — Francisco Pereira Oliveira — Lúcia Araújo Silva.

———

Páginas Relacionadas
Página 0010:
II SÉRIE-B — NÚMERO 40 10 Soares (CDS-PP) — Telmo Correia (CDS-PP) —
Pág.Página 10