O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

II SÉRIE-B — NÚMERO 68

10

vítimas deste terrível acidente, considerado já o mais grave da ferrovia grega.

Assim, a Assembleia da República, reunida em Plenário, expressa a sua mais profunda tristeza pelo acidente

e manifesta, às famílias e ao povo grego, o seu mais sentido pesar pelas vítimas resultantes do choque

ferroviário ocorrido em Tempe, ao mesmo tempo que deseja rápida recuperação a todos os feridos.

Palácio de São Bento, 2 de março de 2023.

Os Deputados do PSD: Paula Cardoso — Tiago Moreira de Sá — Pedro Roque — Olga Silvestre — António

Maló de Abreu — Duarte Pacheco — Francisco Pimentel — João Montenegro — Ricardo Sousa — Afonso

Oliveira — Bruno Coimbra — António Cunha — Isabel Meireles — Nuno Carvalho — Ricardo Baptista Leite —

Dinis Ramos.

———

PROJETO DE VOTO N.º 282/XV/1.ª

DE PESAR PELAS VÍTIMAS DO NAUFRÁGIO NO SUL DE ITÁLIA

No passado domingo, dia 28 de fevereiro, um barco de madeira que transportava cerca de 200 migrantes

naufragou ao largo da praia de Steccato di Cutro, perto de Crotone, região de Calábria. Até ao momento, as

autoridades italianas apontam para mais de 60 mortos, 14 dos quais crianças, continuando as buscas para

recuperar mais corpos.

A maioria dos migrantes que sobrelotavam esta embarcação era proveniente do Afeganistão, do Paquistão,

do Irão, da Somália e da Síria.

Infelizmente, este é apenas mais um episódio na trágica demanda destes migrantes pelo sonho europeu.

Explorados por redes de tráfico de pessoas, são lançados ao mar em condições desumanas, ficando, na maior

parte das vezes, entregues à sua sorte e à completa mercê dos fatores climatéricos que levam ao naufrágio das

frágeis embarcações em que procuram atingir as costas europeias.

Perante esta tragédia, o Secretário-Geral da ONU, António Guterres, e agências da ONU pediram urgência

na criação de rotas mais seguras e legais para migrantes e, na verdade, tal como o próprio Secretário-Geral da

ONU afirmou: «qualquer pessoa em busca de uma vida melhor merece segurança e dignidade».

O Diretor-Geral da Organização Internacional das Migrações, António Vitorino, lembrou também, que a

tragédia ocorre dias após 70 pessoas perderem a vida num naufrágio semelhante na Líbia.

Assim, a Assembleia da República, reunida em Plenário, expressa a sua mais profunda tristeza pelo

naufrágio ocorrido junto à costa italiana e manifesta o seu mais sentido pesar pelas vítimas resultantes desta

tragédia, ao mesmo tempo que deseja rápida recuperação a todos os feridos e apela a uma maior mobilização

da comunidade internacional para evitar este tipo de acidentes, através da abertura de rotas legais de migração

que permitam mais segurança a todos os migrantes.

Palácio de São Bento, 2 de março de 2023.

Os Deputados do PSD: Paula Cardoso — Tiago Moreira de Sá — Pedro Roque — Olga Silvestre — António

Maló de Abreu — Duarte Pacheco — Francisco Pimentel — João Montenegro — Ricardo Sousa — Afonso

Oliveira — Bruno Coimbra — António Cunha — Isabel Meireles — Nuno Carvalho — Ricardo Baptista Leite —

Dinis Ramos.

———

Páginas Relacionadas
Página 0009:
3 DE MARÇO DE 2023 9 Pela primeira vez, este dia é organizado em torno de uma série
Pág.Página 9