O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

11 DE MAIO DE 2019

25

Os relatórios do observatório independente rejeitam todas essas reformas, criticam todas essas reformas e

o PS continua a falar delas como se fossem realidade. Entre a realidade do discurso do Governo e do Partido

Socialista e aquilo que é a realidade no terreno, vai uma grande diferença, e os relatórios consecutivos das

diversas entidades vêm confirmar isso mesmo.

Basta olhar, por exemplo, para aquilo que saiu recentemente do observatório independente sobre o fogo de

Monchique, o qual refere que o problema não é o de ter mais meios, é a falta de capacidade de gestão, de

operacionalização, de coordenação, de capacidade e de transparência. O exemplo que temos do SIRESP de

hoje é mais um caso em que o Ministro Eduardo Cabrita enganou o Parlamento e enganou os portugueses. E o

PS continua a dizer «amen» a isso tudo, sem qualquer capacidade crítica!

É preciso perguntar ao Partido Socialista o seguinte: está preocupado com a propaganda ou está preocupado

com as pessoas? Está preocupado com cenas de teatro ou está preocupado em proteger os portugueses?

Responda a estas perguntas, Sr.ª Deputada!

Aplausos do PSD.

Protestos do PS.

O Sr. Presidente (José de Matos Correia): — Tem a palavra, para responder, a Sr.ª Deputada Susana

Amador, pedindo-lhe que tenha em atenção o tempo de que dispõe.

A Sr.ª Susana Amador (PS): — Sr. Presidente, Sr. Deputado Duarte Marques, em primeiro lugar, queria

dizer-lhe que esta bancada tem um pensamento próprio e que não lê discursos de ninguém. Fale por si, Sr.

Deputado, em relação aos seus discursos, não em relação aos nossos!

Aplausos do PS.

Em segundo lugar, volto a dizer que o Fundo de Solidariedade é bom e peço à Mesa, através de uma

interpelação, que distribua à bancada do PSD o Regulamento do Fundo, porque parece que não o conhecem…

O Sr. António Costa Silva (PSD): — Conhecemos, sim!

A Sr.ª Susana Amador (PS): — … e que não ouviram as intervenções anteriores do Partido Socialista sobre

o conteúdo do mesmo.

Vozes do PS: — Muito bem!

Protestos do PSD.

A Sr.ª Susana Amador (PS): — Tal como referi, as candidaturas estão a decorrer quer para a floresta, quer

para a proteção civil, quer para os municípios portugueses. São mais de 50 milhões de euros deste Fundo, mas

este Governo já investiu 600 milhões de euros no que diz respeito aos incêndios. São valores que dizem tudo

sobre a nossa determinação e o nosso empenho.

Mais uma vez, queria dizer ao Sr. Deputado Duarte Marques que não é por falar mais alto nem é por provocar

algum tipo de aproveitamento ou demagogia que consegue ser mais eficaz na sua intervenção.

Vozes do PS: — Muito bem!

A Sr.ª Susana Amador (PS): — Os portugueses estão a ouvir-nos e percebem quem tem sentido de Estado

e responsabilidade e quem usa a demagogia e o populismo para se afirmar. Não é assim e não é por aí que nós

vamos!

Aplausos do PS.

Páginas Relacionadas
Página 0034:
I SÉRIE — NÚMERO 85 34 Submetido à votação, foi aprovado por unanimid
Pág.Página 34