O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

38 I SÉRIE — NÚMERO 32

está no Governo, o PS reforça as políticas sociais; quando o PSD esteve no Governo, o PSD desistiu das

políticas sociais.

Aplausos do PS.

Protestos do PSD.

Quem congelou o investimento em equipamentos sociais foi o PSD e não o PS! Quem diminuiu os apoios

sociais foi o PSD e não o PS!

Vozes do PS: —É verdade!

A Sr.ª Sónia Fertuzinhos (PS): — Basta ver os números e ir ao Ministério do Trabalho, porque está lá toda

a informação.

Portanto, Sr.ª Deputada, há, de facto, um mundo que nos separa e que nos divide.

O Sr. Agostinho Branquinho (PSD): — O do despesismo!

A Sr.ª Sónia Fertuzinhos (PS): — E é por isso, Sr.ª Deputada, que, hoje, o importante não é ver neste

Orçamento do Estado as medidas inovadoras. Aliás, se estivéssemos à espera do contributo do PSD,…

O Sr. Afonso Candal (PS): — Ui!

A Sr.ª Sónia Fertuzinhos (PS): — … o País ficaria, mais uma vez, sem qualquer resposta.

Tal como quis dizer na minha intervenção, este Orçamento aprofunda um trabalho que tem vindo a ser

desenvolvido. Se hoje podemos apoiar os alunos de forma a concluírem o 12.º ano de escolaridade é porque,

entretanto, investimos na escola pública; se hoje podemos aprofundar as políticas de apoio à natalidade é

porque as temos e já investimos nelas;…

O Sr. Agostinho Branquinho (PSD): — E os resultados?!

A Sr.ª Sónia Fertuzinhos (PS): — … se hoje podemos aumentar os equipamentos sociais e a sua

qualidade é porque investimos nestas áreas nos últimos anos. as

E os resultados, Sr. e Srs. Deputados?

O Sr. Agostinho Branquinho (PSD): — Zero!

A Sr.ª Sónia Fertuzinhos (PS): — É verdade — também o disse — que continuamos a ter um problema na

pobreza e na exclusão social, que temos de enfrentar.

O Sr. Agostinho Branquinho (PSD): — Muitos!

A Sr.ª Sónia Fertuzinhos (PS): — Mas os números, como a Sr.ª Deputada disse, e bem, não mentem! Se

for ao INE e ao Eurostat, percebe que todos os indicadores das desigualdades baixaram durante este período.

Todos! Baixou a taxa de pobreza dos idosos, baixou a taxa de pobreza das crianças, baixou a taxa de pobreza

no geral e baixaram as desigualdades nos rendimentos.

É esse o trabalho que temos feito, é esse o trabalho que vamos prosseguir. E é uma pena que o País não

conte com uma única proposta do PSD para esse mesmo trabalho!

Aplausos do PS.

O Sr. Presidente: —Para uma intervenção, tem a palavra o Sr. Deputado Paulo Portas.

Páginas Relacionadas
Página 0033:
12 DE FEVEREIRO DE 2010 33 O Sr. Bravo Nico (PS): — Sr. Presidente, Sr.ª Ministra d
Pág.Página 33