O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

13 DE FEVEREIRO DE 2020

51

O Sr. João Cotrim de Figueiredo (IL): — A resposta a essa pergunta é uma forma de respeitar a livre escolha das pessoas e de começar a responder, efetivamente, aos problemas, encontrando uma solução real.

O Sr. Presidente (José Manuel Pureza): — A próxima intervenção cabe à Sr.ª Deputada Cecília Meireles,

do CDS-PP. Faça favor. A Sr.ª Cecília Meireles (CDS-PP): — Sr. Presidente, Sr.as e Srs. Deputados: Queria, em primeiro lugar,

cumprimentar os peticionários que nos trouxeram a questão da desertificação do interior e dizer algumas coisas quer sobre o problema da falta de coesão territorial, que é um problema grave que existe em Portugal, quer sobre as iniciativas que estão em debate.

Acho que as iniciativas do PCP, do Bloco de Esquerda e do PEV dividem-se em dois tipos, o primeiro dos quais é o das iniciativas a que chamaria «Melhoral», porque não fazem bem mas também não fazem mal, que são as de «vamos estudar», «vamos fazer mais um relatório», como se não houvesse abundantes relatórios sobre a falta de coesão territorial e os problemas do interior em Portugal. Enfim, vamos criar mais estudos, observatórios e relatórios, o que não fará mal, mas também não resolverá o problema, e é sempre melhor do que a iniciativa do Governo, que é a de «vamos criar uma ministra e um ministério», que também não resolve problema nenhum e cria alguns, como os de sustentar o ministério.

O segundo envelope de medidas é o de «vamos criar mais serviços públicos, vamos reabrir os serviços públicos, vamos ter mais investimentos públicos, vamos acabar com as portagens nas ex-SCUT, enfim, vamos pôr o Estado em força no interior», o que, do vosso ponto de vista, vai resolver todos os problemas.

A Sr.ª Ana Mesquita (PCP): — Não!… Abandonado é que é bom! A Sr.ª Cecília Meireles (CDS-PP): — Quanto a isso, gostava de dizer duas coisas. Primeiro, esqueceram-

se de algo de que os Deputados do PCP costumam gostar muito, que é do exercício de autocrítica, porque se esqueceram de dizer que, nos últimos quatro anos, estiveram ativamente a apoiar o Governo…

Vozes do PSD e do CDS-PP: — Ora! A Sr.ª Cecília Meireles (CDS-PP): — … e talvez pudessem ter feito um bocadinho mais do que projetos de

resolução. Não fizeram nada! Daquilo que estão agora a pregar nada puseram em prática! Portanto, a primeira coisa que têm de fazer é apresentar um pedido de desculpas, porque, afinal, se era esta que pensavam ser a solução, então, mais valia que a tivessem posto em prática.

Em segundo lugar, gostaria de vos dizer que, do meu ponto de vista, não é esta a solução. A Sr.ª Ana Mesquita (PCP): — É fechar! A Sr.ª Cecília Meireles (CDS-PP): — Enquanto os senhores não compreenderem que a solução para o

interior são oportunidades para as pessoas — oportunidades de vida, oportunidades de trabalho —,… Vozes do CDS-PP: — Muito bem! A Sr.ª Cecília Meireles (CDS-PP): — … e que isso se consegue, sobretudo, com a iniciativa privada, Srs.

Deputados, não vamos lá. Aplausos do CDS-PP. O Sr. Presidente (José Manuel Pureza): — A próxima intervenção cabe ao Sr. Deputado José Rui Cruz, do

Partido Socialista.

Páginas Relacionadas
Página 0058:
I SÉRIE — NÚMERO 27 58 O Sr. Presidente (José Manuel Pureza): — A próxima e
Pág.Página 58