O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

21 DE NOVEMBRO DE 2020

5

Fundou ainda o Movimento o Partido da Terra, cuja presidência abandonou em 2007.

Ao longo da sua vida foi, por diversas vezes, condecorado e distinguido, relevando-se para o efeito, as Grã-

cruzes das Ordem de Cristo, da Ordem da Liberdade e da Ordem do Infante D. Henrique.

Gonçalo Ribeiro Telles foi uma personalidade que contribuiu de forma decisiva para a estabilização da

democracia em Portugal, para o reconhecimento da arquitetura paisagista e para a valorização das questões

ambientais.

Pelo exposto, a Assembleia da República, reunida em sessão plenária, decide demonstrar o seu profundo

pesar e consternação pelo falecimento de Gonçalo Ribeiro Telles e apresentar à família as suas sentidas

condolências.

Assembleia da República, 13 de outubro de 2020.

Os Deputados do CDS-PP: Telmo Correia — Cecília Meireles — João Pinho de Almeida — Ana Rita Bessa

— João Gonçalves Pereira.

———

PROJETO DE VOTO N.º 397/XIV/2.ª

DE PESAR PELO FALECIMENTO DE SAEB EREKAT

Saeb Erekat, Secretário-Geral do Comité Executivo da Organização para a Libertação da Palestina e

Negociador-Chefe Palestiniano, faleceu no passado dia 10 de novembro com 65 anos, vítima de COVID-19.

Um dos agentes políticos palestinianos mais proeminentes das últimas décadas, Saeb Erekat lutou

firmemente ao longo de décadas pela materialização da solução de dois Estados e da paz efetiva entre Israel

e a Palestina.

Sentou-se por inúmeras vezes na mesa das negociações com o objetivo de encontrar terreno comum com

o governo israelita, tendo sido um dos principais promotores das intensas negociações do processo de paz

nos anos 90, eventualmente conseguindo alcançar um conjunto de entendimentos, entre os quais os Acordos

de Oslo.

Em 2001, numa entrevista na CNN, Saeb Erekat interpelou o porta-voz do primeiro-ministro israelita Ariel

Sharon, dizendo: «Por favor, paremos com as competições, paremos com as acusações. Caminhemos rumo à

sanidade, à sabedoria e à coragem e voltemos à mesa de negociações de forma imediata e incondicional,

porque, afinal de contas, nós já reconhecemos a existência do Estado de Israel. Depende de vocês tomar essa

decisão e voltar à mesa das negociações.»

A sua determinação e resiliência permitiram trilhar os primeiros passos rumo a uma paz justa e concreta na

região, que terá necessariamente de passar pelo fim das políticas de ocupações ilegais, expropriação de

terras privadas, e violência desmesurada que vêm tendo lugar em território palestiniano ocupado.

Assim, a Assembleia da República, reunida em sessão plenária:

1 – Manifesta o seu pesar pelo falecimento de Saeb Erekat e transmite as suas condolências à sua família

e amigos, à Organização para a Libertação da Palestina e ao povo palestiniano;

2 – Apela a uma paz justa na região, que tenha como prioridade o reconhecimento de um Estado da

Palestina soberano e o cumprimento escrupuloso do Direito Internacional humanitário e dos Direitos Humanos.

Assembleia da República, 17 de novembro de 2020.

As Deputadas e os Deputados do BE: Joana Mortágua — Pedro Filipe Soares — Alexandra Vieira —

Mariana Mortágua — Jorge Costa — Beatriz Gomes Dias — Fabíola Cardoso — Isabel Pires — João

Vasconcelos — José Manuel Pureza — José Maria Cardoso — José Moura Soeiro — Luís Monteiro — Maria

Páginas Relacionadas
Página 0003:
21 DE NOVEMBRO DE 2020 3 Nota: Aprovado, por unanimidade, tendo-se registado a ausê
Pág.Página 3
Página 0004:
II SÉRIE-B — NÚMERO 14 4 armadas em Cabo Delgado já tenham provocado
Pág.Página 4