O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

22 DE JULHO DE 2017

13

h) que a Assembleia da República promova todos os atos que se julguem por necessários para a efetiva

investigação e demonstração das práticas usadas na comercialização de produtos mobiliários através da

Sucursal Financeira Exterior da Madeira, Banco Privée Espírito Santo e Banque Privée Espírito Santo —

Sucursal Portugal;

i) que sejam permitidos aditamentos à presente petição até à sua discussão em plenário por haver factos

novos e que ainda não estão na posse dos peticionários.

A ABESD, com a adesão dos movimentos de lesados da VENEZUELA e ÁFRICA DO SUL, requerem

que a presente petição seja admitida e que sejam levadas a cabo todas as práticas e mecanismos ao

dispor da Assembleia da República para reposição dos direitos de todos aqueles que perderam as suas

poupanças, por ser de elementar justiça.

Data de entrada na AR: 22 de junho de 2017.

O primeiro subscritor, ABESD — Associação de Defesa dos Clientes Bancários.

Nota: — Desta petição foram subscritores 5119 cidadãos.

A DIVISÃO DE REDAÇÃO E APOIO AUDIOVISUAL.