O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 48

60

As unidades de saúde familiar, quando foram constituídas, tinham uma missão, que era, sobretudo, um

serviço de proximidade. E, para cumprirem a sua missão e para serem este serviço de proximidade, têm que

funcionar de acordo com as necessidades das populações que servem. Não podem funcionar de outra

maneira. E assim era, até que sem explicação, as duas unidades de saúde familiar que servem Vizela

reduziram o seu horário de funcionamento.

Sem explicação às populações, porque conhecemos a explicação e sabemos que é a lógica dos cortes e a

lógica economicista que fizeram com que estas duas unidades de saúde familiar reduzissem o horário em que

prestam serviços à população de Vizela, obrigando a população a descolar-se a Guimarães aos sábados, aos

domingos e aos feriados.

Por isso, a reivindicação que milhares de peticionários aqui nos trazem é, no fundo, uma reivindicação

muito simples: voltar ao que era e acabar com esta penalização. Têm razão e, por isso mesmo, o Bloco de

Esquerda apresenta um projeto de resolução que recomenda ao Governo que mantenha os anteriores

horários de funcionamento das unidades de saúde familiar. É isso que apresentamos a este Parlamento e que

será votado amanhã. Esperamos que se faça justiça à população de Vizela.

Aplausos do BE.

O Sr. Presidente (Ferro Rodrigues): — Para uma intervenção, tem a palavra o Sr. Deputado José Luís

Ferreira.

O Sr. José Luís Ferreira (Os Verdes): — Sr. Presidente, Sr.as

e Srs. Deputados: Em primeiro lugar, em

nome do Grupo Parlamentar de «Os Verdes», gostaria de saudar os cerca de 5000 cidadãos que

subscreveram a petição que agora estamos a discutir, em especial os que estão hoje, aqui, connosco,

saudação que, naturalmente, se estende à Comissão de Utentes do Centro de Saúde de Vizela, que

promoveu e dinamizou esta petição, através da qual se pretende que o Governo tome as medidas necessárias

de forma a prolongar o horário de funcionamento no centro de saúde de Vizela durante a semana e a

promover a sua reabertura aos sábados, domingos e feriados.

As pretensões dos peticionários, na nossa perspetiva, são mais do que justas e por isso Os Verdes

acompanham na íntegra as preocupações e os objetivos que orientam esta petição.

De facto, as unidades de saúde familiar só conseguem desempenhar as atribuições para que foram criadas

se efetivamente os respetivos utentes puderem aceder aos seus serviços, em função das suas necessidades.

E, como muito bem é referido pelos peticionários, a redução do tempo de serviço de atendimento no centro de

saúde de Vizela impossibilita muitos utentes de aceder ao mesmo, uma vez que as pessoas que trabalham (e

muitas delas trabalham fora de Vizela, portanto, noutras cidades e noutras localidades), quando necessitam,

vão ao centro de saúde em horário pós-laboral.

Esta redução no horário de funcionamento no centro de saúde de Vizela penaliza, assim, fortemente as

populações de Vizela, que deixam de ter acesso aos cuidados médicos de proximidade durante a semana, a

partir das 20 horas, e aos sábados, domingos e feriados. Assim, as populações vêem-se obrigadas a

deslocaram-se ao hospital de Guimarães, com todos os inconvenientes e custos que esta solução representa

para as populações de Vizela.

Para terminar, queria dizer que Os Verdes estão solidários com os peticionários e com a população de

Vizela e vão esperar, agora, que o Governo garanta o funcionamento do centro de saúde de Vizela até às 22

horas, nos dias úteis, e também aos sábados, domingos e feriados.

O Sr. Presidente (Ferro Rodrigues): — Para uma intervenção, tem a palavra a Sr.ª Deputada Luísa

Salgueiro.

A Sr.ª Luísa Salgueiro (PS): — Sr. Presidente, Sr.as

e Srs. Deputados: A petição que agora apreciamos

tem por objeto uma pretensão absolutamente legítima da população de Vizela. Aliás, estão aqui presentes

muitos dos peticionários, os quais aproveito para saudar, tal como os restantes membros da comissão de

utentes. Pretendem os peticionários que se alargue o horário de funcionamento do centro da saúde de Vizela.

Páginas Relacionadas
Página 0061:
1 DE FEVEREIRO DE 2013 61 Ora, ocorre que a população de Vizela era servida por um
Pág.Página 61