O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

II SÉRIE-B — NÚMERO 57

8

Autores: Luís Soares (PS) — André Coelho Lima (PSD) — Sónia Fertuzinhos (PS) — Mariana Silva (PEV)

— Emídio Guerreiro (PSD) — Nuno Sá (PS) — Sara Madruga da Costa (PSD).

———

PROJETO DE VOTO N.º 647/XIV/2.ª

DE CONGRATULAÇÃO ÀS ATLETAS DE GINÁSTICA ACROBÁTICA DO ACRO CLUBE DA MAIA,

RITA FERREIRA E ANA TEIXEIRA

As ginastas Rita Ferreira e Ana Teixeira são campeãs do mundo de ginástica acrobática, título que Portugal

alcançou, pela primeira vez, nesta modalidade.

O Campeonato Mundial de Ginástica Acrobática teve lugar nos dias 26 e 27 de junho e 3 e 4 de julho de

2021, em Genebra, na Suíça.

A dupla campeã competiu na final a seis equipas e recebeu a pontuação de 29.120 pontos, marcando um

momento histórico para Portugal e para o Acro Clube da Maia, o maior clube de ginástica acrobática do norte

de Portugal, que completará 17 anos em dezembro próximo.

O dia foi ainda abrilhantado pela medalha de bronze alcançada por Bárbara Sequeira, Francisca Maia e

Francisca Sampaio Maia, em Grupos Femininos e pelo 4.º lugar All Around conquistado por Beatriz Carneiro,

Beatriz Costa e Carolina Dias.

Alcançaram também a medalha de bronze em Ginástica Acrobática Grupo de Idades, os ginastas Diogo

Cardoso, Pedro Ramalho, Jorge Silva e Afonso Maia.

Todos os ginastas foram acompanhados de forma brilhante e exemplar pelos seus treinadores Lourenço

França, também Diretor Técnico do Clube, Ana Úrsula Martins, também Coreógrafa e Médica do Clube e João

Maia e Nelson Araújo.

Assim, a Assembleia da República, reunida em sessão plenária, aprova um voto de congratulação às atletas

Rita Ferreira e Ana Teixeira, pelo título de campeãs do mundo, que alcançaram no Campeonato Mundial de

Ginástica Acrobática, que teve lugar nos dias 26 e 27 de junho e 3 e 4 de julho de 2021, em Genebra, na Suíça.

Palácio de São Bento, 20 de julho de 2021.

O Presidente da Comissão de Educação, Ciência, Juventude e Desporto, Firmino Marques.

Outros subscritores: Edite Estrela (PS) — Sara Madruga da Costa (PSD).

———

PROJETO DE VOTO N.º 648/XIV/2.ª

DE SAUDAÇÃO PELA CELEBRAÇÃO DOS 200 ANOS DA APROVAÇÃO DA PRIMEIRA LEI DE

IMPRENSA

No dia 4 de julho assinalam-se 200 anos da votação da primeira lei de imprensa portuguesa nas Cortes

Gerais Extraordinárias e Constituintes, reunidas em Lisboa. Em 5 de fevereiro de 1821, numa das primeiras

iniciativas apresentadas pela mão do Deputado Francisco Soares Franco, foi apresentado nas Cortes

Constituintes o projeto de lei de imprensa, o qual consagra a liberdade de «imprimir, publicar, comprar e vender

nos estados portugueses quaisquer livros ou escritos sem prévia censura».

Se a imprensa foi um meio crucial para a propagação do pensamento das Luzes e para a implementação e

desenvolvimento do liberalismo, a liberdade de imprensa – liberdade de pensamento e expressão – consagrou

Páginas Relacionadas
Página 0007:
24 DE JULHO DE 2021 7 uma prioridade acompanhar a evolução dos acontecimentos e a f
Pág.Página 7