O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

136 | II Série A - Número: 061 | 5 de Fevereiro de 2014

4 - Apenas podem ser cumulados pedidos fundados em vários títulos se todos se destinarem ao pagamento de quantia certa e as partes forem as mesmas.
5 - O requerente deve anexar ao requerimento:

a) Cópia digitalizada do título executivo, em formato «pdf.», podendo esta ser substituída pela indicação da referência de acesso ao documento eletrónico; b) Pretendendo-se a identificação de bens comuns, fotocópia não certificada do registo de casamento do requerido, atualizada, que ateste que o mesmo é casado sob o regime de bens da comunhão de adquiridos ou da comunhão geral, salvo se no título executivo constar o nome do cônjuge e o regime de bens do casamento.

6 - O requerente deve conservar o original do título executivo até à prescrição do direito de crédito que o mesmo titula, o qual pode ser solicitado, a todo o tempo, pelo agente de execução no âmbito do presente procedimento.
7 - Aquando da identificação dos intervenientes, o requerente deve acautelar que os elementos constantes do requerimento respeitam aos mesmos, devendo assegurar que os nomes e números de identificação fiscal dos intervenientes correspondem aos dados inscritos no título executivo.
8 - A plataforma informática referida no artigo anterior impede a submissão com sucesso do requerimento quando esteja em falta qualquer dos elementos referidos nos números anteriores ou não se encontre efetuado o pagamento das quantias referidas no n.º 2 do artigo 21.º.
9 - Depois de entregue o requerimento, não é possível retificar, aditar ou alterar os elementos dele constantes e dos respetivos anexos.
10 - O formulário do requerimento inicial pode ser preenchido em suporte de papel pelo próprio credor, ou em formato eletrónico por advogado ou solicitador que, não sendo constituído mandatário daquele, digitaliza o mesmo bem como os demais documentos que o devem acompanhar e procede à aposição da respetiva assinatura eletrónica, através da qual certifica a conformidade dos documentos com os originais.
11 - Nos casos previstos no número anterior, as notificações ao requerente são efetuadas em suporte de papel para o domicílio indicado no requerimento, salvo se for indicado endereço de correio eletrónico, caso em que as notificações são remetidas eletronicamente para este.

Artigo 6.º Distribuição do requerimento inicial

1 - Submetido o requerimento através da plataforma informática referida no artigo 4.º, é atribuído um número provisório ao mesmo pelo sistema informático de suporte à atividade dos agentes de execução (SISAAE) e devolvido ao requerente um identificador único de pagamento, referente aos valores devidos ao agente de execução pelo início do procedimento.
2 - O pagamento deve ser efetuado até ao 5.º dia útil seguinte ao da disponibilização do identificador único de pagamento, sob pena de o requerimento ficar automaticamente sem efeito.
3 - Efetuado o pagamento, o requerimento considera-se entregue, sendo automaticamente distribuído a um dos agentes de execução que conste da lista dos agentes de execução que participam no procedimento extrajudicial pré-executivo, através da plataforma informática SISAAE, sendo disponibilizados ao requerente os elementos de identificação e contacto do agente de execução designado.

Artigo 7.º Regras de distribuição

1 - A distribuição do requerimento ao agente de execução é realizada de forma automática pelo SISAAE, de acordo com critérios estabelecidos em portaria do membro do Governo responsável pela área da justiça que garantam equidade na distribuição dos requerimentos e proximidade geográfica entre agente de execução e requerido.
2 - Em caso de incumprimento pelo agente de execução do prazo de realização das diligências previstas na presente lei, para além de responsabilidade disciplinar, pode ser aplicada, a título cautelar, a medida de

Páginas Relacionadas
Página 0133:
133 | II Série A - Número: 061 | 5 de Fevereiro de 2014 ITÁLIA Na Itália, através do sítio
Pág.Página 133
Página 0134:
134 | II Série A - Número: 061 | 5 de Fevereiro de 2014 violador da igualdade entre aqueles
Pág.Página 134
Página 0135:
135 | II Série A - Número: 061 | 5 de Fevereiro de 2014 Artigo 3.º Requisitos O recur
Pág.Página 135
Página 0137:
137 | II Série A - Número: 061 | 5 de Fevereiro de 2014 suspensão de distribuição de novos
Pág.Página 137
Página 0138:
138 | II Série A - Número: 061 | 5 de Fevereiro de 2014 execução e o Banco de Portugal.
Pág.Página 138
Página 0139:
139 | II Série A - Número: 061 | 5 de Fevereiro de 2014 2 - O agente de execução, na notifi
Pág.Página 139
Página 0140:
140 | II Série A - Número: 061 | 5 de Fevereiro de 2014 Artigo 14.º Notificação de pessoas
Pág.Página 140
Página 0141:
141 | II Série A - Número: 061 | 5 de Fevereiro de 2014 Artigo 17.º Celebração de acordo de
Pág.Página 141
Página 0142:
142 | II Série A - Número: 061 | 5 de Fevereiro de 2014 pagamento. 3 - Às consultas efet
Pág.Página 142
Página 0143:
143 | II Série A - Número: 061 | 5 de Fevereiro de 2014 acesso direto integrado aos dados d
Pág.Página 143
Página 0144:
144 | II Série A - Número: 061 | 5 de Fevereiro de 2014 eletrónica. 2 - Após a primeira
Pág.Página 144
Página 0145:
145 | II Série A - Número: 061 | 5 de Fevereiro de 2014 de 26 de outubro, e de portaria do
Pág.Página 145
Página 0146:
146 | II Série A - Número: 061 | 5 de Fevereiro de 2014 5 - Os modelos genéricos de notific
Pág.Página 146